• Expojipa2 019
  • Odonto Malini
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Pesca esportiva movimenta turismo de Rondônia

    A pesca amadora movimenta ampla cadeia produtiva, em função dos bens e serviços que os praticantes consomem. Este segmento tem atraído visitantes de todas as partes do Br...

    Turismo
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 20/06/2016 ÀS 10:41:10

    Pesca esportiva movimenta turismo de Rondônia

    A pesca amadora movimenta ampla cadeia produtiva, em função dos bens e serviços que os praticantes consomem. Este segmento tem atraído visitantes de todas as partes do Brasil para Rondônia nos últimos anos. As belezas naturais, as culturas ribeirinhas, indígenas, históricas e quilombolas são características da região. A pesca esportiva tem sido o principal atrativo para os turistas visitar estes locais.



    O Vale do Rio Guaporé é o mais procurado pelos turistas e pescadores que se aventuram em busca de grandes peixes amazônicos como a pirarara, o pintado, o tucunaré e tantos outros. No vale, há pousadas, guias de pesca e barqueiros que recebem milhares de turistas todos os anos, em localidades paradisíacas como o Cabixi, Pimenteiras do Oeste, Porto Rolim (distrito de Alta Floresta), São Francisco, São Miguel e Costa Marques.



    Segundo o superintendente de Turismo, Júlio Olivar, além de promover lazer e desporto, a pesca amadora está intimamente relacionada com o setor econômico que mais cresce no mundo: o turismo. Economicamente, a atividade ainda é pouco explorada no Brasil, e o segmento que explora este nicho do mercado ainda é pequeno. Mas em Rondônia o diferencial é a grande diversidade de peixes encontrada na região.  O estado é o quinto destino da pesca esportiva em todo o país e atrai turistas principalmente do Sudeste e do Sul do Brasil, além de grupos de estrangeiros.



    De acordo com estudos e pesquisas realizadas pelo Laboratório de Ictiologia e Pesca da Universidade Federal de Rondônia, em parceria com outras instituições, em aproximadamente 2.500 quilômetros, desde o rio Guaporé até a foz do rio Madeira, produziu o conhecimento de mais de mil espécies de peixes. É a maior fauna de rio em espécies do mundo. Somente no território brasileiro do rio Madeira, onde foram encontradas 40 espécies novas totalmente desconhecidas da ciência.



     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08