Campanha de renegociação de dívida é prorrogada

Tecnologia
2 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 03/12/2018 ÀS 15:04:00

Campanha de renegociação de dívida é prorrogada


A expectativa da organização é
recuperar de 08 a 10 milhões de reais.



Atendendo a
pedido dos consumidores, o Feirão Limpa Nome, campanha de renegociação de
dívida, foi prorrogado para até o dia 08 de dezembro. A campanha prevê taxas de
juros de até 2% e o reparcelamento da dívida, tendo também a exclusão do nome
do registro de inadimplência – o SPC Brasil. “Nas redes sociais houve uma
procura intensa nos últimos dias, por isso resolvemos prorrogar, proporcionando
um prazo maior para a adesão tanto dos consumidores quanto dos empresários”,
frisou Nayara Trindade, administradora da CDL de Ji-Paraná.



A campanha é
promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Ji-Paraná  - CDL e busca reduzir os índices de
inadimplência que ultrapassa os 29 milhões pessoa física durante os últimos
cinco anos.



 Com a proposta da campanha, a ideia é dar
condição para que o consumidor possa quitar a dívida e voltar a comprar
novamente no comércio local, uma vez que o Natal está chegando e todos querem
presentear um ente querido. “Com a quitação da dívida, o cliente terá crédito
liberado na praça e poderá comprar novamente, ofertando a ele o poder de compra
e também de garantir o look para as festas de fim de ano”, declarou o
presidente da CDL, André Moreira.



                A expectativa da organização é que ao final da
campanha, possa recuperar pelo menos de 08 a 10 milhões de inadimplência.



Inadimplência Local



Segundo Nayara Trindade,
administradora da CDL, durante análise foi verificado que a média de salário do
trabalhador é de R$ 1874,00 e que mais da metade está comprometido com dívidas,
que somam o total de R$ 1.027,00. Por estes dados, é possível afirmar que 30%
da população adulta está endividada. Somados são mais de 28 mil CPF’s com
restrição.



Uma
alternativa para minimizar o impacto dessas dívidas no comércio local é
conscientizar as pessoas a limpar o nome, o que não é difícil, uma vez que na
maioria dos casos com a primeira parcela do 13º salário é possível quitar pelo
menos 80% da dívida, senão toda a 
dívida. “Acreditamos que é o desejo de todo consumidor iniciar o ano com
crédito na praça e nome limpo, por isso estamos com uma ação que visa reduzir a
inadimplência e proporcionar ao consumidor a chance de voltar a comprar
novamente”, finalizou Nayara.

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08