• Odonto Malini
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Faculdade UNIJIPA
  • Auto Escola Norte
  • Viva Bela Cosméticos
  • Moradores de Ji-Paraná, RO, reclamam de atraso nas obras de UPA do 2º Distrito

    Saúde
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 29/08/2019 ÀS 18:13:17

    Moradores de Ji-Paraná, RO, reclamam de atraso nas obras de UPA do 2º Distrito

    As obras da Unidade de Pronto de Atendimento (UPA) do 2º Distrito de Ji-Paraná (RO), na Região Central, estão atrasadas, e por isso moradores da localidade precisam se deslocar até o outro lado da cidade para conseguir atendimento médico de urgência.

    A dona de casa Elenite dos Santos cuida do marido que sofre com problemas de saúde e há alguns anos não consegue se locomover sozinho. Ela precisa da ajuda de pessoas para levar o marido até o Hospital Municipal de Ji-Paraná, que fica a dez quilômetros de distância da casa dela. A dona de casa diz que o tratamento seria mais fácil se a UPA já estivesse funcionando.

    'Quando os meninos estão em casa eles levavam, mas quando eles não estão em casa a gente tem que chamar o Corpo de Bombeiros, o plano que a gente paga, os vizinhos já levaram também, é dessa forma', conta dona Elenita.

    Iniciada no ano de 2016, as obras da UPA deveriam ter sido concluídas em 2018, para começar a funcionar no mesmo ano. Ao todo foram investidos mais de R$ 4,2 milhões, tanto para construção como para equipamentos e mobílias do local. No entanto, a obra está atrasada.

    A UPA no 2º Distrito tem como um dos principais objetivos desafogar a demanda de atendimento do pronto socorro do 1º Distrito, onde também fica localizado o Hospital Municipal. A secretária de saúde, Franciane Chagas Ribeiro, afirma que o prédio deve ser entregue ainda este ano.

    'Foi identificado um erro de projeto, então com esse erro de projeto foi solicitado o aditivo de valor para o Estado e a gente estava aguardando essa aprovação do Estado. E falta R$ 500 mil do Ministério da Saúde que será pago apenas após a conclusão da obra. A gente teria a previsão para terminar esse ano. Não posso dar uma data certa, mas a previsão é para terminar esse ano ainda', explica a secretária.

     

    Fonte - G1

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08