• Expojipa2 019
  • Auto Escola Norte
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Chácara da Sefin
  • Viva Bela Cosméticos
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Odonto Malini
  • Ações do Outubro Rosa começam dia 5 (5ª f.) em JPr

    Saúde
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 04/10/2017 ÀS 20:34:30

    Ações do Outubro Rosa começam dia 5 (5ª f.) em JPr

    Mulheres de 40 a 69 anos de Ji-Paraná e região estão sendo chamadas para fazer o seu exame preventivo de câncer de mama durante o período do Outubro Rosa. A Unidade Móvel de Prevenção estará realizando exames de mamografia do dia 05, 06, 07 e 10 de outubro no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro São Brancisco e dias 11 e 13 de outubro, no Batalhão da Polícia Militar. Para agendamento do exame será preciso comparecer à Casa Rosa, em frente à Polícia Federal até este dia 04 de outubro, (quarta-feira) cópias de RG, CPF, carteirinha do Sus e comprovante de residência.

    Em Porto Velho a programação do Outubro Rosa será lançada amanhã, terça-feira (3)  no Palácio Rio Madeira a partir das 8 horas. Em seguida, no dia 4, acontece um pit stop no semáforo da Avenida 7 de Setembro. No dia 5 a ação é no Sine e na Casa do Ancião; dia 6 será no Restaurante Popular e na Praça Aluízio Ferreira no dia 15. Encerrando esta maratona haverá um grande evento no dia 21, no Espaço Alternativo.

    Serão seis dias de ação da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), que vão marcar o Outubro Rosa das mulheres em Porto Velho. Com início nesta terça feira (3), o Ônibus Lilás vai circular pela cidade levando mais informações sobre os direitos, tipos de violência e como denunciar cada uma delas.

    Unidade Móvel — Ônibus Lilás é uma das alternativas encontradas para minimizar a distância entre a população e a informação. Ele é adaptado e equipado com duas salas para o atendimento emergencial, com equipe multidisciplinar treinada para escuta de denúncia das mulheres, seja ela qual for, prestando o primeiro atendimento.

    “Nós abordamos as mulheres, mostramos o material da campanha e as levamos para a unidade, caso haja a necessidade. Lá elas são ouvidas, amparadas e orientadas sobre os principais tipos de violência, que seriam a física, sexual, patrimonial, moral e psicológica”, resume Dejanira Maria, gerente do núcleo da mulher na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08