• Auto Escola Norte
  • Expojipa2 019
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Chácara da Sefin
  • Viva Bela Cosméticos
  • Odonto Malini
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Vereadores pedem explicações sobre empresa da coleta de lixo

    Política
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 03/04/2019 ÀS 15:25:30

    Vereadores pedem explicações sobre empresa da coleta de lixo

    Foi solicitada a presença de um representante da prefeitura para prestar esclarecimentos sobre a nova contratação

    A Câmara Municipal de Ji-Paraná (CMJP) aprovou, na terça-feira (2), requerimento dos vereadores Edivaldo Gomes (PSB) e Cláudia de Jesus (PT) para que a Prefeitura de Ji-Paraná envie, na próxima sessão ordinária (9), um representante para explicar as condições em que foi contratada a empresa responsável pela coleta de lixo no município. 

    Os vereadores justificaram o pedido alegando que nos últimos anos foram verificadas falhas recorrentes nos serviços prestados pela empresa Coolpeza e que é indispensável que a nova contratação seja “detalhadamente” explicada. “É um serviço pago pela comunidade e, em caso de falhas, o cidadão não tem onde recorrer”, alertou Edivaldo Gomes.

    A cobrança da taxa da coleta de lixo é anual e unificada ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). “Por isso, a população tem que receber informações do serviço que será prestado daqui para frente, diante do desserviço que foi prestado anteriormente”, avaliou a vereadora Cláudia de Jesus.

    A Prefeitura de Ji-Paraná, no dia 1º de abril, publicou comunicado em que informa à população que contratou, em caráter emergencial, a empresa Limpe Serve Ltda., como sede na cidade de Vilhena, para coleta do lixo doméstico. O contrato com a Coolpeza, esclareceu a nota, encerrou no dia 31 de março.

    Segundo o texto divulgado, o contrato entre a prefeitura e a Limpe Serve terá duração de seis meses e será cobrado R$ 153,00 pela tonelada de lixo, com custo estimado em R$ 336 mil por mês. Ainda segundo a nota, a economia mensal será de R$ 84 mil, se comparada ao contrato anterior. 

    No dia 19 de dezembro de 2018, a CMJP realizou audiência pública (AP) para discutir com a população falhas no recolhimento do lixo. A audiência foi proposta pelos vereadores Marcelo Lemos (PSD) e Cláudia de Jesus (PT). Na AP, foi constatado que a coleta estava irregular em mais da metade dos bairros da cidade.

    “E quase quatro meses depois, a situação ainda é preocupante em muitos bairros de Ji-Paraná”, garantiu Cláudia de Jesus. Na opinião de Edivaldo Gomes, o que se quer com a vinda do representante da prefeitura é que o cidadão pague e receba por um serviço de qualidade.

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08