• Materjipa Materiais para Construção
  • Auto Escola Norte
  • Viva Bela Cosméticos
  • Odonto Malini
  • Expojipa2 019
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Chácara da Sefin
  • Primeiro-secretário da Mesa, Lebrão acusa: “Assembleia é Casa do Povo ou da mãe Joana”

    Política
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 07/12/2018 ÀS 10:43:20

     Primeiro-secretário da Mesa, Lebrão acusa: “Assembleia é Casa do Povo ou da mãe Joana”

    Candidato a presidente da Assembleia Legislativa, representando os atuais parlamentares reeleitos, o deputado José Clemente Lebrão (MDB) compartilhou em suas redes sociais uma matéria de um site de Porto Velho acusando seus colegas de práticas antirrepublicanas na corrida pela futura Mesa Diretora. “Assembleia é a Casa do Povo ou da Mãe Joana”, questionou ele, que foi reeleito para o quarto mandato e hoje é o primeiro-secretário da Mesa Diretora da Casa. Em seu post, Lebrão prossegue: “Não podemos deixar que essa história se repita”. Ele se referiu ao trecho da matéria acusando alguns parlamentares de estarem “comprando votos” para eleição do futuro presidente do Poder Legislativo, mas não apresentou vídeos, imagens ou áudios da acusação.

    Colegas de Lebrão ouvidos pelo RONDONIAGORA acreditam que o parlamentar está querendo amedrontar os deputados para concretizar uma eventual chapa para concorrer a dois biênios na Assembleia. Os parlamentares entendem que esse tipo de manobra é sorrateira e as acusações são descabidas.

    Por falar em práticas antirrepublicanas, na eleição do dia 2 de fevereiro de 2011, Lebrão votou na chapa do ex-deputado Valter Araújo (PTB) para presidente da Assembleia Legislativa. Naquela época, Valter levou um grupo de deputados para Manaus para o “confinamento” em hotel de selva antes da votação para garantir os votos necessários. Até os celulares dos futuros parlamentares foram confiscados para não ceder as pressões do grupo liderado pelo ex-deputado Jesualdo Pires ligado ao Palácio Presidente Vargas. Meses depois, Valter Araújo acabou preso e o bando desfeito.

     

    Fonte - Rondoniagora

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08