• Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Nova Car
  • Mercadão dos Óculos
  • CASA DE ALTO PADRÃO A VENDA EM JI-PARANÁ
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Governo de Rondonia
  • Viva Bela Cosméticos
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • GIRO RAPIDO LAVA JATO
  • Lei pune quem maltratar e abandonar animais

    Affonso Cândido é autor da lei que pune as agressões a animais Desde agosto de 2016, que a administração pública e entidades têm uma lei municipal que...

    Política
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/04/2017 ÀS 11:14:57

    Lei pune quem maltratar e abandonar animais

    Affonso Cândido é autor da lei que pune as agressões a animais




    Desde agosto de 2016, que a administração pública e entidades têm uma lei municipal que estabelece multas e sanções para pessoas ou empresas que praticarem maus-tratos ou crueldade contra animais.




    A lei (nº 3002/16) estabelece que maus-tratos contra animais é toda e qualquer ação decorrente de imprudência, imperícia ou ato voluntário e intencional contra a saúde e necessidades naturais, físicas e mentais dos animais.




    “Hoje temos uma lei municipal que estabelece que é crime agredir, sob qualquer forma, e abandonar animais”, garante o autor da lei e presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná (CMJP), vereador Affonso Antônio Cândido (DEM).




    As penalidades vão desde advertência (escrita), multa, apreensões, suspensão de atividades (em caso de estabelecimentos), sanções restritivas e interdição da posse do animal. A fiscalização é feita por agentes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semeia) e Secretaria Municipal da Saúde (Semusa).




    Segundo lei, a pena de multa será de no mínimo de R$ 200,00 podendo chegar ao valor máximo de R$ 200 mil, dependendo da gravidade do fato. “Alguns fatores têm que ser levados em conta, como a violência cometida contra o animal, os antecedentes do agressor, a capacidade econômica dele ou estabelecimento comercial”, avalia Affonso Cândido.




    Também está definido em lei o amplo direito de defesa ao infrator. “Não elaboramos essa lei para punir pessoas, mas para garantir o direito dos animais, e que maus-tratos e abandono diminuam ou deixem de existir, porque não serão mais tolerados”, assegurou o presidente da CMJP.  




    Os valores arrecadados com o pagamento das multas serão recolhidos para o Fundo Municipal de Desenvolvimento Ambiental (Fundan) para aplicação em programas, projetos e ações ambientais voltados à defesa e projeção aos animais. Acesse: www.cmjp.com.br para saber mais sobre a lei e as atividades dos vereadores.




     


     

     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08