Portaljipa
  •  
  •  

Ji-Paraná realiza Conferência de Saúde para o fortalecimento do SUS

Política

POR Paulo Portaljipa EM 22/03/2019 ÀS 16:00:04

Ji-Paraná realiza Conferência de Saúde para o fortalecimento do SUS


 

Representantes de vários segmentos da sociedade participaram nesta quinta e sexta-feira (21 e 22) da 10ª Conferência Municipal de Saúde, realizada em parceria entre o Conselho Municipal de Saúde e a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Participaram do evento, representantes de vários segmentos da sociedade, usuários, profissionais, gestores e prestadores de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

O tema Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS, foi debatido em três eixos temáticos como Saúde como direito, Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e Financiamento adequado e suficiente para o SUS.

“O objetivo foi ampliar e fortalecer a luta do controle social na cobrança de mais recursos financeiros para saúde, na luta em defesa da vida e do Direito à Saúde. As propostas apresentadas nesta conferência ajudarão a formar a base para que o Governo Federal monte as políticas púbicas para a saúde para os próximos quatro anos”, explicou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Maria Alves Costa.

Durante as oficinas sobre orçamento e financiamento do SUS, foram elaboradas propostas para a formulação de políticas públicas. As diretrizes serão levadas para a Conferência estadual, que está marcada para o mês de junho. O que for decidido na capital, com as contribuições dos municípios de Rondônia, será apresentado na 16ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada em agosto deste ano, em Brasília.

Para o secretário adjunto da Semusa, Antelmo Ferreira, a participação da população nestes espaços de debate é imprescindível.

“A maioria das pessoas não sabem o que é o Sistema Único de Saúde, que já existe há 30 anos. A realização da Conferência é um cumprimento da missão inconstitucional para promovermos, protegermos e recuperarmos a saúde pública do nosso município. Mas para isso é necessária a participação da comunidade. É aqui que as políticas públicas são elaboradas, pois as propostas para as melhorias serão levadas para Brasília. Não basta reclamar, é preciso se envolver e colaborar na construção de uma saúde cada vez melhor”, disse Antelmo Ferreira.

A promotora de justiça, Josiane Rossi, participou da conferência e falou da importância dos representantes da sociedade em pensar propostas efetivas que possam colaborar numa gestão do SUS eficiente.

“A participação ativa da sociedade faz toda a diferença. Temos que pensar em propostas que vão contribuir para que os usuários do SUS recebam melhorias significativas. Os gestores devem levar em conta os anseios da população que utiliza os serviços públicos de saúde e de fato colocar em prática”, finalizou a promotora.

 

 

Fonte - Assessoria

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa