• Chácara da Sefin
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Auto Escola Norte
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Odonto Malini
  • Expojipa2 019
  • Dentistas voluntários de SP montam consultórios em barco para atender indígenas e ribeirinhos em RO

    Política
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 19/07/2018 ÀS 15:39:15

    Dentistas voluntários de SP montam consultórios em barco para atender indígenas e ribeirinhos em RO

    Um grupo de dentistas de São Paulo montou vários consultórios dentro de um barco para atender comunidades indígenas e ribeirinhas isoladas em Rondônia, tudo de forma voluntária. Esta é a primeira vez que a grande estrutura foi montada em um barco. Seis alas odontológicas foram montadas com equipamentos super modernos.

    A equipe é formada por 40 profissionais especializados, que, até o final de julho, deixam os consultórios e outras atividades em São Paulo para cuidar de outros sorrisos a mais de 3 mil quilômetros de distância.

    Grupo de dentistas paulistas atende moradores de comunidades ribeirinhas do Amazonas

    A falta do dente da frente, para o professor José Oro Nao, sempre foi considerado um problema. Além da estética, a falta do dente dificultava na dicção durante as aulas.

    "Às vezes você fala a palavra errada. Com o dente não sai muito o ar. Agora ficou legal, gostei", disse.

    José Oro Nao, professor indígena, foi um dos atendidos  (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica  )José Oro Nao, professor indígena, foi um dos atendidos  (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica  )José Oro Nao, professor indígena, foi um dos atendidos (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica )

    Já a Aldeneide Oro Nao se emocionou quando olhou no espelho após o tratamento. "Parabéns pra vocês que vieram fazer o trabalho aqui conosco, muito obrigada. Agradeço a vocês", comentou

    Um dos equipamentos usados no atendimento foi doado por uma empresa alemã. Com o aparelho, os profissionais escaneiam a boca do paciente e, após isso, a arcada dentária em 3D surge no computador. Segundo o grupo, em 10 minutos o dente de porcelana já está pronto.

    Quando se trata das crianças o trabalho fica mais difícil. A maioria nunca foi a um dentista, segundo o grupo de voluntários. Um dos atendimentos resultou na extração de quatro dentes de leite de uma bebê de apenas um ano.

    A maioria das crianças nas aldeias nunca foram ao dentista   (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica )A maioria das crianças nas aldeias nunca foram ao dentista   (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica )A maioria das crianças nas aldeias nunca foram ao dentista (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica )

    A dentista Maria Barreto Lima, uma das voluntárias, garante que fazer parte da causa gera muita felicidade, mas, ao mesmo tempo, um sentimento de revolta vem com a situação atual do país.

     

    Fonte - G1

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08