• Materjipa Materiais para Construção
  • Odonto Malini
  • Chácara da Sefin
  • Faculdade UNIJIPA
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Viva Bela Cosméticos
  • Curitiba terá invasão com depoimento de Lula

    Militantes, movimentos independentes e políticos do PT se organizam para ir a Curitiba na quarta-feira, dia 10, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será interrogado p...

    Política
    3 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 07/05/2017 ÀS 22:32:13

    Curitiba terá invasão com depoimento de Lula

    Militantes, movimentos independentes e políticos do PT se organizam para ir a Curitiba na quarta-feira, dia 10, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será interrogado pelo juiz federal Sérgio Moro. Marcado inicialmente para o dia 3, o depoimento foi adiado a pedido da Secretaria de Segurança do Paraná.

    O presidente do Diretório Municipal do PT em São Paulo (DMPT-SP), Paulo Fiorillo, disse que ainda não há um número fechado de coletivos que seguirão para a capital do Paraná. “Ainda estamos fechando o número de pessoas interessadas para providenciar o transporte.”

    Segundo Adilson Sousa, presidente eleito do diretório zonal Freguesia do Ó/Brasilândia do PT, os ônibus não serão ocupados exclusivamente por filiados da sigla. “Vamos para mostrar que movimentos sindicais, partidários e diversos setores da população não concordam com a judicialização da política”, diz. Ele estima que 50 mil pessoas, de todo o País, devem ir a Curitiba.

    Divisão. Nas redes sociais, grupos contrários ao ex-presidente também se organizam em eventos de protesto. Embora sem organização oficial, o Movimento Brasil Livre (MBL) informou que alguns de seus representantes estarão em Curitiba para fazer a cobertura da oitiva.

    Sousa acredita que será planejada uma divisão entre os grupos pró e contra Lula, o que ele avalia de forma negativa. “Acho muito ruim esse ‘apartheid’. Quem tiver de protestar, que proteste, com respeito ao espaço de cada um, sem agressividade ou provocação”, afirma. “É muito negativa essa ideia de ‘eles contra nós’.”

    Moro pede a aliados para não irem a Curitiba



    O juiz federal Sergio Moro divulgou um vídeo na noite deste sábado (6) pedindo que os simpatizantes da Operação Lava Jato não compareçam à sede da Justiça Federal, em Curitiba, durante o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para a próxima quarta (10).

    O petista vai ser ouvido como réu em uma ação penal sobre supostos benefícios pagos a ele pela construtora OAS.

    Na gravação, publicada em uma página do Facebook mantida por sua mulher, Moro afirma que "nada de diferente ou anormal" vai acontecer no dia do interrogatório."É uma oportunidade que o senhor ex-presidente vai ter para se defender, é um ato normal do processo."

    E continuou: "Tenho ouvido que muita gente que apoia a Operação Lava Jato pretende ir a Curitiba manifestar esse apoio ou pessoas aqui mesmo de Curitiba pretendem vir aqui manifestar esse apoio. Eu diria o seguinte: esse apoio sempre foi importante, mas nessa data ele não é necessário".

    Para o juiz federal, tudo que se quer evitar na ocasião é "alguma espécie de confusão". "Acima de tudo, não quero que ninguém se machuque em eventual conflito ou discussão nessa data. Por isso a minha sugestão é: não venha, não precisa. Tudo vai ocorrer na normalidade."

    Grupos favoráveis à Lava Jato e simpatizantes do ex-presidente pretendem ir à rua onde fica o prédio da Justiça na tarde da próxima quarta, quando ocorrerá a audiência.

    O depoimento tinha sido marcado para o último dia 3, mas foi reagendado porque os órgãos de segurança pediu mais tempo para preparar o local para as manifestações

     

    Fonte - Das Agências

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08