• Viva Bela Cosméticos
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Q FOME
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Auxilio Emergencial Covid 19 - Vereador Marcelo Lemos conversa com a secretária de Assistência Social, Sônia Reigota sobre o Auxilio Emergencial em Ji-Paraná

    Política
    3 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 07/04/2020 ÀS 19:13:28

    Auxilio Emergencial Covid 19 - Vereador Marcelo Lemos conversa com a secretária de Assistência Social, Sônia Reigota sobre o Auxilio Emergencial em Ji-Paraná


    Na manhã de terça-feira (07), o vereador Marcelo Lemos foi até a Secretaria de Assistência (Semas), para conversar com a secretária Sônia Reigota sobre o auxílio emergencial no valor de R$ 600 a 1.200,00. O Auxílio é um benefício financeiro do Governo Federal destinado a trabalhadores informais, Microempreendedores Individuais (MEI), autônomos e desempregados, que tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19.

    De acordo com o vereador Marcelo Lemos, o auxílio emergencial irá durar até três meses, podendo ser prorrogado. A medida visa reduzir os impactos da pandemia do (Covid-19) sobre os trabalhadores de baixa renda sem emprego formal.

    Segundo Sônia Reigota, o benefício no valor de R$ 600 será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, popularmente conhecida por mãe solteira, o valor pago mensalmente será de R$ 1.200,00. Quem estava no Cadastro Único até o dia 20 de março de 2020 e que atenda às regras do Programa receberá sem precisar se cadastrar. Quem recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso. Neste período o Bolsa Família ficará suspenso aos que estiverem recebendo o Auxílio Emergencial.

    Durante a live do vereador Marcelo Lemos com a Secretária Sonia Reigota pelo facebook, eles  comentaram que os não inscritos no CadUnico terão direito a receber o auxílio, mas terão que preencher uma autodeclaração sobre os requisitos pelo aplicativo que já está disponível, sendo “Caixa Auxílio Emergencial ” (disponível para sistema Android e iOS) para fazer o cadastro e poder receber o auxílio emergencial de R$ 600. Além disso, também foi lançado um site https://auxilio.caixa.gov.br/. Para tirar dúvidas, está disponível o telefone 111, ou 3416-4188 da Semas de Ji-Paraná.

    Quem tem direito?

    É necessário ter mais de 18 anos. Poderão receber os trabalhadores que não têm carteira assinada, desempregados e contribuintes individuais da Previdência.

    A lei que criou o auxílio emergencial também estabelece limites de renda. Não poderão receber: família com renda mensal total superior a três salários mínimos (R$ 3.135) família com renda per capita (por membro da família) maior que meio salário mínimo (R$ 522,50) quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. A renda média da família será verificada por meio do CadÚnico para os inscritos no sistema até 20 de março de 2020.

    Funcionários públicos não terão direito ao auxílio, mesmo que estejam em contrato temporário. Também fica de fora quem recebe algum outro benefício, como BPC (Benefício de Prestação Continuada), seguro-desemprego, aposentadoria ou pensão.

    Distribuição de Cestas de Alimentos  

    A secretária Sonia Reigota, afirmou para o vereador Marcelo Lemos que a Semas já entregou 452 cestas de alimentos em Ji-Paraná, que por sinal beneficiou 904 crianças e 32 idosos. Sônia disse ainda que na próxima quarta-feira serão distribuídas mais 200 cestas de alimentos, e que existe um processo para aquisição de mais 400.

     

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08