• Auto Escola Norte
  • Viva Bela Cosméticos
  • Expojipa2 019
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Chácara da Sefin
  • Odonto Malini
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Associação de vistoriadores esclarece equívoco de Laerte Gomes durante entrevista em rádio

    Política
    4 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 29/03/2019 ÀS 10:38:21

    Associação de vistoriadores esclarece equívoco de Laerte Gomes durante entrevista em rádio
    Durante entrevista a uma rádio de Porto Velho, nesta semana, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes, do (PSDB), deu uma declaração equivocada ao se referir ao serviço de vistoria eletrônica realizado em Rondônia. 

    O presidente do legislativo afirmou: “O único produto que eu conheço no Brasil que não tem validade porque você vai lá agora, bate uma foto do seu veículo paga R$ 100 ou R$ 120 e, amanhã você negocia o carro e tem de fazer outra foto e pagar novamente as mesmas taxas”.

    A declaração causou surpresa aos dirigentes da Associação das Empresas de Vistorias de Rondônia (Assovis-RO). “Não pelo equívoco. Até porque já estamos acostumados que autoridades se posicionem de maneira equivocada, pois o setor é relativamente novo e há uma certa desinformação”, ressaltou o presidente da Assovis-RO, Helano Tenório Cavalcante de Sousa. 

    “Independente do equívoco, nosso Diretor-Executivo, Ari Saraiva, já esteve com o Presidente Laerte Gomes em outras oportunidades, e pedirei que agende nova audiência. O que importa é que o deputado Laerte tem se mostrado aberto ao diálogo democrático, algo que nos tranquiliza, pois é natural que em um ambiente de desinformação ocorram esses equívocos”, ressaltou Helano, salientando que a questão das vistorias já foi discutida, inclusive em audiência pública na Assembleia legislativa, no ano passado.

    “Temos confiança que a interlocução com a ALE-RO continuará ocorrendo dentro do mais alto nível, da mesma forma que ocorre com o Detran-RO e até mesmo o Ministério Público. Estaremos sempre à disposição das autoridades para municiá-las com todos os elementos que as levem a ter cada vez mais conhecimento do setor”, complementou o líder do setor.

    Helano entende que quanto mais diálogo houver com a sociedade, mais se compreenderá o motivo de Rondônia ser referência no ramo de vistorias e que quem realmente sai ganhando são os cidadãos. “Sempre que recebemos críticas, procuramos as autoridades para esclarecimentos. Até hoje, após o diálogo propositivo, sempre fazemos do crítico um aliado. Creio que assim será com o deputado Laerte”, pondera. 

    Quanto ao fato da “validade”, ou seja, o período pelo qual um veículo deve fazer nova vistoria, a Assovis-RO esclarece que as fraudes e/ou adulterações podem ser feitas em poucos minutos, por isso o laudo que atesta a correção do veículo e da sua documentação, devem ser feitos toda vez que um procedimento legal é realizado, independente se a vistoria anterior tenha sido realizada a poucos dias.

    “Recentemente tivemos o caso de um veículo, adulterado no Mato Grosso, que veio imediatamente para Rondônia tentando regularizar aqui. Graças a vistoria eletrônica, os criminosos não conseguiram”, exemplifica o presidente dos vistoriadores.

    “Em meia hora apenas é possível adulterar um veículo e causar um dano para o proprietário. Imagina se um veículo que acabou de fazer uma vistoria for furtado, e dentro de poucas horas o criminoso fizer a adulteração. Somente com uma vistoria eletrônica de qualidade para evitar que o crime seja completado”, informa Helano Souza.

    Para trazer ainda mais esclarecimentos sobre a importância das vistorias eletrônicas ao estado, a Associação das Empresas de Vistorias de Rondônia irá realizar um Workshop, no dia 25 de abril de 2019, no Auditório do Tribunal de Contas, a fim de discutir e esclarecer todos os assuntos do setor.

    Na ocasião, serão convidadas todas as autoridades, como representantes do Detran-RO, Polícia Civil, Assembleia Legislativa, Polícia Rodoviária Federal, dentre outros. “O intuito é esclarecer todas as dúvidas suscitadas, de modo que possam cessar as colocações sem fundamento, valorizando uma classe que gera inúmeros empregos, além de trazer segurança para os proprietários de veículos, com um atendimento que até então, nunca haviam tido”, conclui o presidente da Assovis-RO.
     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08