• Materjipa Materiais para Construção
  • Grelhados Amburgueria
  • GIRO RAPIDO LAVA JATO
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Morena Bonita Salão de Beleza
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Viva Bela Cosméticos
  • Mercadão dos Óculos
  • Nova Car
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Sargento da PM mata esposa a tiros e depois comete suicídio na capital PVH

    Após avisar que iria cometer algo muito covarde, sargento da PM/RO executa ex-esposa a tiro e depois se mata

    Policial
    1 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/05/2020 ÀS 19:55:24

    Sargento da PM mata esposa a tiros e depois comete suicídio na capital PVH

    PORTO VELHO - RO - A Polícia Militar registrou na noite de sábado, 16, as morte do 3º sargento Edmundo do Amaral Teixeira, 38 anos e de sua esposa, Priscila Pereira de Souza, de 29 anos.

    Eles foram encontrados em um banheiro de uma residência localizada na Rua Renato Perez, no Bairro Agenor de Carvalho, em Porto Velho, capital de Rondônia.


    De acordo com o boletim de ocorrência, Priscila teria ido até a casa de uma amiga fazer as unhas e um trabalho escolar e ao chegar em casa foi até o banheiro da residência.

    Na sequência, o dono do imóvel ouviu dois disparos. Rapidamente ele arrombou a porta e encontrou os corpos. A arma, uma pistola, foi encontrada perto da mulher.


    O proprietário do imóvel não soube precisar à polícia se o casal havia brigado e nem como o sargento chegou à residência.

    Outra testemunha arrolada pela PM durante a ocorrência foi uma ex-mulher do sargento. Ela disse que havia sido bloqueada por Edmundo no aplicativo Whatsapp, mas que no sábado ele a desbloqueou e disse: “começou a dizer coisas estranhas, como que ela deveria cuidar de seus filhos e que ela é muito especial, e que ele faria algo muito covarde”.


    A equipe de Perícia da POLITEC esteve no local e fez os levantamentos. Segundos técnicos, o  policial militar  efetuou 3 disparos de arma de fogo e logo após cometeu suicídio.


    Testemunhas disseram aos peritos no local que o casal estava em fase de separação e que havia discussões constantes por mensagens de telefone.

     
     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08