Portaljipa
  •  
  •  

OPERAÇÃO PEDÁGIO: Vereador é preso em operação da Polícia Civil suspeito de exigir parte de salário de servidores em RO

Policial

POR Paulo Portaljipa EM 02/04/2019 ÀS 14:04:22

OPERAÇÃO PEDÁGIO:  Vereador é preso em operação da Polícia Civil suspeito de exigir parte de salário de servidores em RO

O vereador de Buritis (RO), no Vale do Jamari, Ronen Alves Gomes (PSC), de 44 anos, conhecido como 'Rony do Hospital' foi preso nesta terça-feira (2), durante a Operação Pedágio, deflagrada pela Polícia Civil.

Conforme a Polícia, dois mandados judiciais foram cumpridos com o objetivo de coibir crimes contra a administração pública do município. A Polícia Civil de Monte Negro (RO) auxiliou na ação.

O vereador é acusado pela prática do crime de corrupção passiva. Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido na casa do parlamentar.

Ao G1, o delegado responsável pela operação, Lucas Torres, informou que as investigações iniciaram em fevereiro deste ano após a Polícia receber uma denúncia anônima.

Segundo Lucas, o vereador indicava pessoas na prefeitura, através da influência que possuía, sob a alegação de que elas estavam precisando de emprego, e então, conseguia as portarias para os conhecidos serem nomeados.

"Depois desse processo para a contratação, o vereador em contrapartida, exigia uma espécie de pedágio, que era um valor mensal repassado pra ele. Conseguimos comprovar com uma pessoa, que o vereador pedia a quantia de R$ 1 mil por mês", revelou o delegado.

Mesmo com a deflagração da operação, as investigações seguem em andamento e a Polícia Civil trabalha no objetivo de identificar desde quando o vereador exigia os valores, ter o número o número de pessoas que repassavam o percentual do salário e estimar os valores totais arrecadados injustamente pelo vereador.

"Desconfiamos que todos os indicados por ele tinham que pagar esse pedágio. Mas acreditamos que com a prisão dele, possa fomentar que outras pessoas venham até a polícia para denunciar novos casos". enfatizou Lucas Torres.

O delegado João Gustavo, reforçou que a população pode colaborar com o trabalho policial no inquérito para chegar a um resultado preciso.

"Convidamos as pessoas que passam por essa situação ou que sabem de situações semelhantes para virem até a Polícia Civil e façam as denúncias. As investigações continuarão para verificar se existem outros envolvidos", destacou João Gustavo.

Após ser preso, o vereador foi submetido ao exame de corpo de delito e posteriormente encaminhado até o Fórum de Buritis, onde passará pela audiência de custódia e o juiz decidirá se ele será levado ao presídio ou se responderá em liberdade.

O outro lado

O advogado Alessandro de Jesus Perassi Peres, que faz a defesa do vereador Rony do Hospital, informou que ainda não se manifestará sobre os fatos por enquanto e que tomará conhecimento dos autos.

A Câmara de Vereadores de Buritis informou ao G1 que a casa legislativa ainda não emitiu uma posição oficial sobre a prisão do parlamentar, mas que a mesa-diretora da casa se reunirá ainda nesta terça-feira (2) para emitir um pronunciamento.

 

Fonte - G1

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa