• Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • CASA DE ALTO PADRÃO A VENDA EM JI-PARANÁ
  • Q FOME
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Viva Bela Cosméticos
  • Mercadão dos Óculos
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Motorista é preso suspeito de estuprar a filha de 13 anos em RO

    Motorista é preso acusado de estuprar a filha por mais de dois anos da Redação

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 15/04/2020 ÀS 12:18:18

    Motorista é preso suspeito de estuprar a filha de 13 anos em RO













    Um homem de 41 anos foi preso nesta quarta-feira (15) no bairro Três Marias, zona leste de Porto Velho, suspeito de estuprar a filha de 13 anos. A mãe da menina e outros familiares são investigados suspeitos de acobertarem o crime. Os estupros começaram quando a vítima tinha 11 anos, segundo a Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA).
    O caso começou a ser investigado em dezembro de 2019 quando a tia da vítima denunciou o crime à polícia. A menina passou por escuta especializada com uma psicóloga da DPCA, onde contou todos os detalhes das agressões do pai. Ela também passou por exame de corpo de delito que comprovou a veracidade dos fatos apresentados.
    Segundo a vítima, os estupros aconteciam quando a mãe saia de casa. Ainda conforme relatos da menina, a mãe já se retirava do local sabendo que o marido cometia os abusos contra ela.
    A partir desse ponto a delegacia optou pela prisão preventiva do homem. Uma guarnição foi até a residência do suspeito, mas ele conseguiu fugir. Então a equipe do Serviço de Inteligência e Captura começou a trabalhar para localizá-lo.
    O homem começou a mudar rotineiramente de endereços, sendo protegido por parentes. Por isso, durante as investigações foram feitas diligências junto às casas de vários familiares até que nesta quarta-feira (15) conseguiram a localização exata e efetuaram a prisão.
    Dentro da viatura o homem disse aos policiais que 'não se controlava, pois era tentado pelo demônio'.
    O suspeito trabalhava como motorista de aplicativo e a polícia não descarta a possibilidade de que outras vítimas podem ter sido estupradas por ele.

    A delegada responsável pelo caso vai investigar se os parentes sabiam dos estupros, dependendo do teor das provas, eles podem responder pelo crime de favorecimento real e a mãe da menina por conivência.

     

    Fonte - G1/]RO

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08