• Viva Bela Cosméticos
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Esmalteria Nacional
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Grelhados Amburgueria
  • Governo de Rondonia
  • Nova Car
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Garimpeiros bloqueiam rodovia e pedem legalização de área em MT

    Cerca de 200 garimpeiros deram início, nesta terça-feira (10), a um bloqueio na BR-174, na entrada da cidade de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá. Segundo a Pol&iacut...

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 11/11/2015 ÀS 02:12:03

    Garimpeiros bloqueiam rodovia e pedem legalização de área em MT

    Cerca de 200 garimpeiros deram início, nesta terça-feira (10), a um bloqueio na BR-174, na entrada da cidade de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Rodoviária federal (PRF), o grupo iniciou a mobilização por volta das 17h, próximo ao principal posto da cidade, e pede pela legalização do garimpo localizado na Serra da Borda, que vinha sendo explorado por garimpeiros profissionais e ocasionais há três meses.


    Agentes da PRF já se encontram no local e tentam negociar a liberação da pista com os manifestantes. Segundo a polícia, o trânsito está lento na região, mas, em momento algum o grupo impediu totalmente a passagem dos veículos, alternando o bloqueio e a liberação do tráfego. A expectativa da PRF é de que a desmobilização ocorra em breve, devido ao grande número de forças policiais que se encontram na cidade para promover a desocupação do garimpo.


    Polícia Rodoviária Federal já se encontra no local para negociar a liberação da BR-174. (Foto: Renato Diniz/TVCA)Polícia Rodoviária Federal está no local para negociar a liberação da BR-174. (Foto: Renato Diniz/TVCA)

    A área de garimpo ilegal começou a ser desocupada nesta terça-feiraAo todo, 150 homens das polícias Federal (PF), Militar (PM), Civil, Rodoviária Federal (PRF) e do Corpo de Bombeiros se encontram no local para cumprir a ordem da Justiça Federal, que declarou a ilegalidade da exploração do ouro no local e determinou a desocupação imediata da Serra da Borda.


    A operação na serra estava programa para quarta-feira (11), mas foi adiantada após sobrevoos feitos na área apontarem a permanência de cerca de 80 garimpeiros no local. Segundo a polícia, eles não ofereceram residência quando as forças policiais iniciaram a ocupação da Serra da Borda e saíram levando ferramentas e objetos pessoais, mas deixando no garimpo qualquer ouro que tivessem  encontrado.


    Todas as galerias abertas pelos garimpeiros deverão ser periciadas para garantir que ninguém tenha permanecido escondido no local e, já na quinta-feira (12), uma empresa contratada dará início a implosão das galerias, túneis e buracos abertos durante o período de exploração ilegal. As forças policiais devem permanecer na região para impedir novas invasões.


    O processo de desocupação ocorre uma semana depois de a PF deflagrar uma operação para desarticulação de uma quadrilha que, segundo a polícia, comandava o garimpo e extorquia garimpeiros, comerciantes e até prostitutas que também estavam na área.


     

     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08