• Materjipa Materiais para Construção
  • Chácara da Sefin
  • Expojipa2 019
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Odonto Malini
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Viva Bela Cosméticos
  • Foragido que estuprou jovem no domingo mata a ex-esposa e enterra em cova rasa

    O corpo de uma mulher de 30 anos de idade, conhecida apenas como Conceição, foi encontrado, nesta segunda-feira (24), por moradores do Ramal Maravilha, localizado à margem esquerd...

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 25/10/2016 ÀS 12:35:05

    Foragido que estuprou jovem no domingo mata a ex-esposa e enterra em cova rasa

    O corpo de uma mulher de 30 anos de idade, conhecida apenas como Conceição, foi encontrado, nesta segunda-feira (24), por moradores do Ramal Maravilha, localizado à margem esquerda do Rio Madeira, já na BR-319, sentido Sul do Amazonas. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima teria sido assassinada pelo ex-marido e enterrada em uma cova rasa.

    No local, segundo os policiais, os moradores ajudaram indicaram o cadáver dentro do mato e informaram que a mulher era conhecida na região apenas pelo primeiro nome. O principal suspeito é o ex-marido da vítima, foragido da Justiça, Manoel Miranda de Souza, de 40 anos. Ele cumpria pena no estado do Amazonas pelo crime de homicídio e teria fugido de lá, quando trouxe a vítima para morar com ele no ramal.

    As testemunhas afirmam que sentiram falta da mulher e começaram a pressionar o suspeito que relatava que ela não queria mais ele é teria viajado de barco para Manaus. Desconfiados, os vizinhos não acreditaram na história contava. 

    Na tarde desta segunda, o próprio irmão da vítima saiu para procurar e logo encontrou a cova. Foi ele quem acionou os familiares que ligaram para polícia. Segundo familiares do suspeito, ele já foi preso por estuprar dois filhos que teve com outra mulher e na noite do último domingo (23), ele espancou e violentou um jovem de 24 anos. Enquanto a polícia estava no local, chegou a informação de que o suspeito pegou um barco para vender uns tucumãs na cidade. O cerco foi feito, porém não foi localizado.

    A perícia técnica esteve no local junto com o rabecão fazendo os trabalhos necessários e posteriormente o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames. Não foi possível ver marcas de violência porque o cadáver já estava em avançado estado de putrefação. Os policiais da Delegacia de Crimes contra a Vida estão se desempenhando para prender o suspeito que é considerado na comunidade como de alta periculosidade.


     


     


     

     

    Fonte - Rondoniagora

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08