• Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Auto Escola Norte
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Faculdade UNIJIPA
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Zoo Fest
  •  INSIDE
  • Em Costa Marques, Policial Militar de Santa Luzia atira 03 vezes em vítima que se encontrava em torneio de prova de laço - Vídeo

    Policial
    1 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 13/10/2019 ÀS 21:28:59

    Em Costa Marques, Policial Militar de Santa Luzia atira 03 vezes em vítima que se encontrava em torneio de prova de laço - Vídeo




    O Soldado da Policia Militar, Carlos Barreto de Carvalho, 41 anos, popularmente conhecido como “Barreto”, lotado atualmente no município de Santa Luzia, é apontando como o principal suspeito de disparar por três vezes de pistola, à queima-roupa, na vítima Alfredo Jorge Goularte, 52 anos.

    O crime, até agora não divulgado, ocorreu no último dia 05/10/2019, no período da tarde, na linha 10, mais exatamente na fazenda do senhor Cristiano, zona rural de Costa Marques.

    O fato foi registrado por câmeras de celular (veja as imagens abaixo). Conforme relato do suspeito, o mesmo foi até a cidade de Costa Marques em um evento de prova de laço onde estavam presentes alguns de seus amigos e deparou-se com seu desafeto que havia lhe ameaçado em ocasiões anteriores.

     Durante o evento, o suspeito parou sua moto próximo ao local e antes de desembarcar viu o indivíduo se levantar da cadeira e andar em sua direção fazendo menção de tirar alguma coisa da cintura e que diante da ameaça jogou sua moto ao solo e sacou sua arma de fogo e efetuou três disparos contra o indivíduo que caiu ao solo.

    Em seguida, tentou levantar a moto para sair do local, momento em que um outro policial militar presente também no evento deu voz de parada e desarmou o suspeito. Posteriormente, foi levado ao quartel da Polícia Militar em Costa Marques e a vítima foi conduzida ao hospital municipal local.

    O médico de plantão avaliou o estado de saúde da vítima, que foi alvejada com dois tiros no tórax e um na cabeça, dizendo que não corria risco de vida.

    O Policial Militar, suspeito do crime foi encaminhado para a Companhia da Polícia Militar na cidade de São Miguel do Guaporé onde se apresentou à autoridade policial de plantão.

     


     

    Fonte - Das Agências

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08