• AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Q FOME
  • Viva Bela Cosméticos
  • CASO NILSON

    Na manhã desta quinta-feira, dia 17, o principal suspeito de ter praticado um homicídio na última terça-feira (15), Júnior César Prudêncio Toledo, se ap...

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/12/2015 ÀS 17:59:08

    CASO NILSON

    Na manhã desta quinta-feira, dia 17, o principal suspeito de ter praticado um homicídio na última terça-feira (15), Júnior César Prudêncio Toledo, se apresentou à polícia e, na presença de dois advogados, confessou o crime.



     


    Segundo testemunhas, o técnico de laboratório Nilson Jacob de Souza, de 58 anos, estava conversando com sua ex-amásia...



    saiba mais no link abaixo









      FUNCIONÁRIO DA FHEMERON É MORTO EM FRENTE AO LOCAL DE TRABALHO ENQUANTO C...
    Funcionário da Fhemeron é morto em frente ao local de trabalh...


     


    Segundo o delegado titular da 1ª DP, Dr. Luís Carlos Hora, durante o depoimento, Júnior César confessou que matou a pessoa de Nilson Jacob de Souza para se defender das injustas agressões que estava sofrendo naquele momento. De acordo com Júnior, ao chegar de viagem soube que sua amásia teria ido se encontrar o ex-marido em seu local de trabalho. Então, Júnior Cesar pediu para que o seu enteado o lavasse de moto o local onde os dois estavam se encontrando.


     


    Júnior Cesar ainda contou que ao chegar no local, tentou conversar amigavelmente com seu desafeto, porém foi recebido com agressões e temendo por sua vida, acabou sacando uma pistola e matando Nilson.


     




    INVESTIGAÇÃO


     


    O Delegado que está cuidando do caso, Dr. Luís Hora, comentou que a polícia está trabalhando seguindo duas linhas de investigação, sendo que uma é a versão colhida pelos envolvidos e a outra segue nos históricos, tanto da vítima como do assassino. Segundo o delegado, os dois já tiveram desavenças no passado, inclusive com mortes em ambas as famílias. “O pai do Júnior já foi preso acusado de ter matado três pessoas da família do Nilson e ao sair da cadeia foi embora para Teixeirópolis. Depois de alguns anos, o pai de Júnior, que trabalhava na prefeitura municipal, desapareceu e todos acreditam que foi morto. Mas esta investigação está sob os cuidados de outra delegacia”, afirmou o delegado.


     


    Clique no link abaixo para rever a matéria sobre o desaparecimento do pai de Júnior:


     


    Assessor do Prefeito de Teixeirópolis “Alemãozinho” desaparece misteriosamente e sua moto é encontrada submersa em igarapé


     


    Depois de ser ouvido e como se enquadra nos benefícios da Lei para quem se entrega voluntariamente, Júnior César foi ouvido e liberado para responder o crime em liberdade. Porém, sua liberdade poderá ser interrompida a qualquer momento, caso houver prejuízo nas investigações.


     



     




     

    Fonte - comando190

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08