• Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Violada  Mayke e Rodrigo na AABB Ji-Paraná
  • Nova Car
  • Governo de Rondonia
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Mercadão dos Óculos
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Grelhados Amburgueria
  • Assembleia decidirá futuro da greve dos trabalhadores da CAERD

    Depois da primeira audiência de conciliação do Dissídio Coletivo de Greve, realizada na manhã desta sexta-feira (12), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os traba...

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 13/08/2016 ÀS 15:41:21

    Assembleia decidirá futuro da greve dos trabalhadores da CAERD

    Depois da primeira audiência de conciliação do Dissídio Coletivo de Greve, realizada na manhã desta sexta-feira (12), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os trabalhadores da CAERD mantiveram a greve na capital até segunda-feira, dia 15/08, onde em assembleia será discutido e deliberado com os trabalhadores para decidirem o futuro da greve.
     
    A justiça propôs a suspensão da greve por pelo menos 15 a 30 dias até que a CAERD apresente sua proposta, fato que gerou insatisfação para a classe trabalhadora que esperava uma mediação entre eles e a empresa “todos foram ouvidos e o vice-presidente do TRT, no exercício da Presidência, desembargador Ilson Alves Pequeno Junior sugeriu que suspendêssemos a greve, para não gerar prejuízo e desgastes para ambas as partes, pois assim o cenário estaria melhor para buscarmos uma negociação com a diretoria da empresa”, explicou Nailor Gato, presidente do Sindicato dos Urbanitários do Estado de Rondônia (SINDUR).
     
    O Sindur realizou uma assembleia hoje, após a audiência do Dissídio, em frente à sede da empresa, com os trabalhadores, para transmitir o resultado desta primeira audiência e ficou marcado assembleia em todo o Estado para a próxima segunda-feira (15) para discutirem e deliberarem se continuam ou suspendem a greve. Na terça o sindicato informará ao TRT o posicionamento sobre o que os trabalhadores decidiram.
     
    O presidente do Sindur ainda afirmou que a população não está sendo prejudicada com a greve, pois todos os serviços essenciais e urgentes estão sendo mantidos.


     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08