• Auto Escola Norte
  • Viva Bela Cosméticos
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Expojipa2 019
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Odonto Malini
  • Após prisão de dois vereadores em Vilhena, Delegado da PF comenta operação

    Sem um nome ainda definido para a operação que a Polícia Federal – PF está realizando em Vilhena, o Delegado responsável pela investigação, Flori...

    Policial
    3 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 22/10/2016 ÀS 15:58:59

     Após prisão de dois vereadores em Vilhena, Delegado da PF comenta operação

    Sem um nome ainda definido para a operação que a Polícia Federal – PF está realizando em Vilhena, o Delegado responsável pela investigação, Flori Cordeiro concedeu entrevista coletiva à imprensa na tarde desta sexta-feira, 21, e na oportunidade comentou as prisões que ocorreram nesta semana na cidade.

    Sem dar muitos detalhes porque o inquérito ainda está sob sigilo, Flori na coletiva só reforçou a prisão do vereador José Garcia (DEM) ocorrida nesta terça-feira, 18 de outubro, quando o mesmo se dirigia até a Câmara de Vereadores e a prisão preventiva do vereador Vanderlei Graebin (PSC) nesta sexta-feira, 21.

    De acordo com Flori, a prisão do vereador Vanderlei Graebin foi por força de um mandado de prisão expedido por uma das varas criminais de Vilhena, que tem como titular a juíza de direito, Liliane Pegoraro Bilharva. O delegado ainda mencionou que quando os agentes federais estavam cumprido o mandado, o vereador se apresentou espontaneamente em companhia de seu advogado à Delegacia da Polícia Federal, tendo em vista que o mesmo já tinha conhecimento do mandado.

    O vereador Vanderlei Graebin, assim como o vereador José Garcia foram indiciados juntos com mais três vereadores pela Polícia Federal pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de capitais. Todos eles estão na mira da PF, tendo em vista que há fortes indícios que participaram de um esquema de propina para aprovar projetos para instalação de novos loteamentos na cidade de Vilhena.

    VANDERLEI CUMPRIRÁ PRISÃO DOMICILIAR

    Diferente do vereador José Garcia que está recolhido na cadeia pública, o vereador Vanderlei Graebin aguardará o fim do inquérito em prisão domiciliar, tendo em vista a prerrogativa que o Estatuto da OAB confere aos advogados. Graebin é advogado, mas está licenciado para exercer o cargo de vereador, assim ele tem o direito de usar tornozeleira eletrônica e ficar recolhido em casa, já que em Vilhena não tem uma sala de estado maior (cela especial) para o advogado-vereador ficar detido.

    COM A PRISÃO DE GARCIA

    Apesar do silêncio do Vereador José Garcia durante seu interrogatório na sede da Polícia Federal no dia da sua prisão, documentos encontrados dentro de seu veículo, refletem o envolvimentos de alguns vereadores, motivo pelo qual foi solicitado a prisão do vereador Vanderlei Graebin.

    DELEGADO SOLICITA AFASTAMENTO DE VEREADORES INDICIADOS

    Após a prisão do vereador José Garcia, o Delegado da Polícia Federal, Flori Cordeiro enviou um ofício à presidência da Casa de Leis comunicando o indiciamento dos vereadores. Na oportunidade Flori sugeriu o afastamento dos vereadores da suas funções sem prejuízo das remunerações. Para basear seu pedido, Flori usou o art. 17-D da Lei 9.6313/1998, que dispõe sobre os crimes de “lavagem” ou ocultação de bens, direitos e valores.

    Dos vereadores indiciados só Junior Donadon e Carmozino Alves se manifestaram. Ambos disseram que estão tranquilos para esclarecer no que for preciso.

     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08