Agente penitenciário é preso após jogar ácido em médico e trocar tiros com vítima no estacionando do Cemetron

Policial
3 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 07/03/2019 ÀS 11:28:59

Agente penitenciário é preso após jogar ácido em médico e trocar tiros com vítima no estacionando do Cemetron

Porto Velho, Rondônia - O médico infectologista Gladson Siqueira está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base após ser  atacado  com uma solução de soda cáustica atirada contra a cabeça pelo agente penitenciário Oziel Araújo fernandes, de 40 anos,  na manhã desta quarta-feira (06), quando chegava no seu local de trabalho, o Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), no bairro Três Marias,  em Porto Velho. 

De acordo com informações de testemunhas,  a vítima estava descendo do carro no estacionamento quando se aproximou um homem com uma garrafa pet. O agressor ainda chegou a proferir algumas palavras e jogou ácido na cabeça da vítima. Para  se defender o médico, que é militar da reserva do Exército,  sacou  uma arma e trocou tiros com o criminoso,  que, ferido no ombro,  conseguiu fugir em uma moto Honda Biz. A lataria do carro do médico, uma Pajero,  e ao menos outros dois veículos que estavam no local,  ficaram  com marcas de tiros. Desesperada, a vítima correu para dentro do Cemetron pedindo ajuda. 

Os médicos prestaram os primeiros socorros, uma ambulância foi acionada e a vítima encaminhada  para o Hospital de Base. Durante o diagnóstico, os médicos verificaram que ele também ingeriu parte do produto jogado em seu rosto. Sua  visão pode ficar comprometida.

À tarde,  o agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes se apresentou com advogados na Delegacia de Crimes Contra a Vida e assumiu a autoria do atentado. Oziel teve proteção do grupo especial da Secretaria de Justiça durante a apresentação na Delegacia. 

De acordo com a Polícia, Oziel Araújo teria flagrado a esposa trocando mensagem via Whatsapp com o médico. O suspeito sabia que o médico tirava plantão no Cemetron, preparou o ácido em casa e foi até o local. No estacionamento, o agente chamou o médico para tirar satisfações e os dois entraram em uma discussão.  Oziel tirou a garrafa com soda cáustica e jogou no rosto do médico. Logo em seguida os dois trocaram tiros e Oziel foi baleado no ombro. Ferido, ele fugiu em uma motocicleta Honda Biz e foi para sua residência. Chegando em casa, ele disse para a esposa que teria feito uma besteira.

Ela prestou os primeiros socorros e ele saiu da casa. Os policiais conseguiram identificar a placa da moto utilizada por Oziel e localizam a casa onde ele mora. 

Os policiais militares identificaram um veículo Celta que estava no nome da esposa de Oziel e durante o patrulhamento, encontraram a mulher na Avenida Carlos Gomes com uma mochila com roupas  usadas pelo esposo para a prática do crime. Na residência, eles encontraram restos da soda cáustica utilizada por Oziel. Após se apresentar, Oziel foi encaminhado para o Hospital das Clínicas e provavelmente terá que passar por uma cirurgia. A arma do agente e do médico foram apreendidas.

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08