• Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Morena Bonita Salão de Beleza
  • Grelhados Amburgueria
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • GIRO RAPIDO LAVA JATO
  • Viva Bela Cosméticos
  • Governo de Rondonia
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Acusado de matar uruguaio se apresenta a polícia em Ji-Paraná

        Tiago Fernandez estava foragido desde o dia 09 de Abril, dia do crime Tiago Fernandez 18 anos, se apresentou na tarde desta segunda-feira (17), na primeira delegacia de polícia...

    Policial
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/04/2017 ÀS 22:37:52

    Acusado de matar uruguaio se apresenta a polícia em Ji-Paraná

     


     


    Tiago Fernandez estava foragido desde o dia 09 de Abril, dia do crime


    Tiago Fernandez 18 anos, se apresentou na tarde desta segunda-feira (17), na primeira delegacia de polícia civil. Ele é acusado de matar o uruguaio Matías Galindez, no dia 09 de Abril, em uma conveniência anexa a um posto de gasolina localizada no bairro 2 de Abril em Ji-Paraná.



    Acusado



    Tiago compareceu na delegacia acompanhado da família e do advogado. Após horas de depoimentos, ele foi indiciado pelo delegado Luiz Carlos Hora.


    Tiago não quis gravar entrevistas. O advogado Ricardo Braga que acompanha o caso, prestou os esclarecimentos, segundo o advogado, Tiago confessou ao delegado que a arma utilizada no crime era própria. 




    Em entrevista com o delegado Luiz Carlos Hora, ele informou que Tiago Fernandez confessou ter cometido o crime e que foi ocasionado em uma briga por motivos fúteis. Tiago havia pago uma bebida para o amigo de Matías e a vítima exigiu que o mesmo o desse para ele, sendo negado o pedido. Segundo o delegado o acusado afirmou ter feito um disparo no chão para intimidar a vítima o que não aconteceu. Logo em seguida fez vários disparos contra o uruguaio.


    O delegado informou ainda que as diligências sobre o caso estão sendo feitas e que não há como negar que houve crime de homicídio, o que lhe faltam provas para qualificá-lo. Luiz Carlos Hora tem 10 dias para finalizar o inquérito.



    Saiba mais:








    Veja abaixo:

                                                Nota a Imprensa

                     

                     A imagem pode conter: texto

                            A imagem pode conter: texto
     

    Fonte - Redetvro

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08