Acadêmicos registram boletins de ocorrências por suposto calote milionário de empresa organizadora de eventos de formatura de Cacoal

Só um casamento foi 80 mil

Policial
3 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 21/12/2018 ÀS 04:11:07

Acadêmicos registram boletins de ocorrências por suposto calote milionário de empresa organizadora de eventos de formatura de Cacoal

Uma situação conturbadora arrodeia os acadêmicos das cidades de Cacoal, Rolim de Moura e demais localidades, o fato é que a responsável por nome de Leidiana Castigliani Veloso Batista, ou Leidy como conhecida, pela empresa denominada “Evento Único” localizada na Rua Anísio Serrão, no Bairro Princesa Isabel, na cidade de Cacoal (RO), simplesmente desapareceu.

A empresa que segundo informações atua no mercado a cerca de 12 anos, teve sua situação cadastral aberta em 28/10/2014, a aproximadamente 04 anos, conforme pode ser consultada através do CNPJ: 21.315.416/0001-79, até o momento em que consultamos o CNPJ, o mesmo não consta como falida, mas poderá haver documentos na Receita Federal com pedidos de falências, e que não foram comprovados pela nossa redação até o momento.

Grupos de aplicativo de rede social, foram bombardeados por uma suposta mensagem da responsável da empresa, em que declarava ter aberto falência esta semana.

Infelizmente a responsável pela empresa, como identificada na faixada do escritório localizado em Cacoal segue incomunicável. Uma assistente da mesma por nome de Michele, disse que também foi pega de surpresa após vários telefonemas pedindo informações, mas disse que após os telefonemas resolveu desligar o seu celular, pois não sabia como responder as reclamações.

Segundos os acadêmicos, alguns alunos possuem planos em que os mesmos estão pagando um total de R$10.000,00 cada um para terem as suas formaturas somente no ano de 2020. Outros já pagaram todos os valores e estavam prontos para realizarem as formaturas.

Acadêmicos de medicina e odontologia da FACIMED, sendo um total de 60 alunos já haviam pagos todos os valores, um total de R$ 10.000,00 cada, pois a formatura seria neste mês, mas infelizmente não sabem o que vai acontecer agora com os seus sonhos e nem tão pouco com os valores pagos.  Acadêmicos da UNIR também estão sendo lesados, entre outros vários acadêmicos de outras faculdades.

As delegacias das cidades de Cacoal e Rolim de Moura foram tomadas pelos acadêmicos, que em busca de justiça, registraram vários boletins de ocorrências para que a justiça tome as providencias cabíveis sobre o suposto calote.

Calcula-se que o suposto calote ultrapasse os valores dos R$4.000.000,00.

Tentamos contato com a responsável pela empresa, mas não conseguimos lograr êxito até o momento. Disponibilizamos este canal de comunicação para que Leidy, a responsável pela empresa acusada se esclareça dos fatos, se assim haver interesse.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

 

Fonte - Planeta Folha

 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08