• Materjipa Materiais para Construção
  • Expojipa2 019
  • Auto Escola Norte
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Odonto Malini
  • Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Na Indonésia, 31 jovens são achados vivos sete dias após terremoto

    Jovens tinham ficado presos em duas escolas sem nenhum adulto junto; número de mortos subiu para 1.649

    Mundo
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 06/10/2018 ÀS 15:33:34

    Na Indonésia, 31 jovens são achados vivos sete dias após terremoto

    As equipes de resgate da Indonésia encontraram com vida 31 menores de idade que tinham ficado presos em duas escolas uma semana após o terremoto e o tsunami que atingiram a ilha de Celebes, informou neste sábado (6) a agência Efe.

    Os menores foram resgatados na sexta em dois centros de formação profissional, 23 deles no subdistrito de Marawola, em Sigi, e outros oito noutro em Tondo, populações situadas respetivamente a sul e a norte de Palu, a capital provincial, declarou o porta-voz da Basarnas, Yusuf Latif.

    O porta-voz não precisou a idade dos estudantes, que ficaram isolados sem nenhum adulto nestes centros educativos, geralmente frequentados por alunos com idades entre os 15 e 17 anos.

    "A catástrofe ocorreu na sexta-feira, pelo que [os adolescentes] estavam ainda estudando nas escolas", disse Latif, realçando que todos os jovens já se encontram com as suas famílias.

    Basarnas indicou que o Governo estenderá o período de busca na região até aos 14 dias após o desastre, decidindo depois as medidas a tomar.

    As autoridades elevaram hoje para 1.649 o número oficial de mortos provocados pelo terremoto, seguido de tsunami e de avalanches de terra que se seguiram, afetando a região central de Celebes, onde mais de 70.000 pessoas ficaram deslocadas.

    Mais de mil pessoas continuam sepultadas pelos escombros e a terra, segundo estimativas oficiais e das Organizações Não Governamentais, sobretudo no bairro de Balaroa em Palu, a cidade mais afetada, e em Petobo, situada sete quilômetros a sul da capital provincial. Com informações da Lusa.

     

    Fonte - Das Agências

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08