• Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Mercadão dos Óculos
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • CASA DE ALTO PADRÃO A VENDA EM JI-PARANÁ
  • Viva Bela Cosméticos
  • GIRO RAPIDO LAVA JATO
  • Governo de Rondonia
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Julgamento de impeachment de Trump começa no Senado e linhas de batalha se formam

    Mundo
    1 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 21/01/2020 ÀS 15:29:55

    Julgamento de impeachment de Trump começa no Senado e linhas de batalha se formam

    Os democratas pediram ao Senado, controlado pelos republicanos, que removam Trump do cargo por pressionar a Ucrânia a investigar o ex-vice-presidente Joe Biden, um rival político, e depois obstruir a investigação do escândalo.

    Trump, que teve o impeachment aprovado no mês passado pela Câmara dos Deputados, controlada pelos democratas, por acusações de abuso do poder e obstrução do Congresso, diz que não fez nada de errado e descreve seu impeachment como uma farsa partidária para impedir sua reeleição em 2020.

    Com câmeras de TV ao redor, o presidente da Suprema Corte dos EUA, John Roberts, deu início aos procedimentos.

    Votações sobre as regras do julgamento iriam ocorrer já na terça-feira. Isso incluiria decidir se o Senado deve, posteriormente, considerar intimações a testemunhas, como o ex-conselheiro de segurança nacional de Trump John Bolton.

    Em declaração no plenário do Senado antes dos procedimentos de terça-feira, o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, disse que deixaria de lado quaisquer emendas democratas a respeito de intimações de testemunhas e documentos no início do julgamento.

    Mais cedo, os democratas acusaram McConnell de tentar manipular o julgamento com regras que, segundo eles, impediriam as testemunhas de prestar depoimento e barrariam as evidências coletadas pelos investigadores.

    McConnell divulgou um plano na segunda-feira para um julgamento potencialmente rápido, sem novos depoimentos ou evidências.

    Os argumentos iniciais devem ser apresentados nesta semana e podem se estender até tarde da noite. Com uma maioria de dois terços necessária no Senado de 100 membros para destituir Trump do cargo, é quase certo que ele seja absolvido pelos correligionários republicanos na Casa.

    Mas não está claro o impacto do julgamento em sua candidatura à reeleição.


     

    Fonte - REUTERS

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08