EUA denunciam interceptação de avião militar por caça russo

Os Estados Unidos denunciaram nesta quarta-feira (7) a interceptação "perigosa" de um avião americano de patrulha marítima por um caça russo no Mar Negro. Na manobr...

Mundo
2 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 07/09/2016 ÀS 17:32:10

EUA denunciam interceptação de avião militar por caça russo

Os Estados Unidos denunciaram nesta quarta-feira (7) a interceptação "perigosa" de um avião americano de patrulha marítima por um caça russo no Mar Negro.


Na manobra, que durou cerca de 19 minutos, o caça russo se aproximou três metros do avião americano, "o que é considerado perigoso e não profissional", informou um funcionário americano do Departamento de Defesa sob a condição de anonimato.


O funcionário afirmou que um avião russo Su-27 voou a menos de 9 metros do P-8 Poseidon antissubmarino e de Inteligência no espaço aéreo internacional, antes de se aproximar ainda mais.


"Durante a interceptação, que durou aproximadamente 19 minutos, o Su-27 manteve inicialmente a distância de nove metros até se aproximar a três metros do P-8, o que é considerado perigoso e não profissional", disse o funcionário.


Regras internacionais
Já Moscou garantiu que a interceptação foi realizada "em estrito apego às regras internacionais", porque os aviões americanos tentavam averiguar no que consistiam as manobras do Exército russo.


O funcionário disse que aviões e navios americanos interagem com embarcações russas na área, acrescentando que a maioria dos encontros foi realizada sem risco.


"Contudo, temos profundas preocupações quando se trata de uma manobra perigosa", completou o funcionário.


Em um comunicado, o Ministério russo da Defesa afirmou ter enviado caças Su-27 para controlar um avião americano P-8 Poseidon que por "duas vezes tentou se aproximar da fronteira russa sobre o Mar Negro sem ativar seu transponder (equipamento que emite sinal de identificação)".


"Depois que os caças russos se aproximaram dos aviões espiões para uma confirmação visual e para constatar os números de matrícula, a aeronave americana mudou rapidamente de direção e se afastou", acrescentou o comunicado.


"Os pilotos russos cumpriram estritamente as regras de voo internacionais", destacou o Ministério.


Uma interceptaçao igualmente "perigosa" ocorreu em maio do ano passado no Mar Negro, quando um Su-27 russo interceptou um RC-135 americano de reconhecimento.

 

Fonte - G1

Fotográfo - Divulgação

 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08