• Expojipa2 019
  • Odonto Malini
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Chácara da Sefin
  • Viva Bela Cosméticos
  • Donald Trump ordenou ataque contra a Síria em resposta a suposto uso de armas químicas

    Mundo
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 13/04/2018 ÀS 21:59:49

    Donald Trump ordenou ataque contra a Síria em resposta a suposto uso de armas químicas

    O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou neste sexta-feira que deu ordens para ataques aéreos de precisão na Síria.

    "Uma operação combinada com as forças armadas da França e do Reino Unido está em andamento", disse o presidente Trump em rede nacional na noite desta sexta-feira.

    "Estamos preparados para sustentar essa resposta" até Assad interromper o uso de armas químicas, disse Trump, mas "a América não busca presença indefinida na Síria, sob nenhuma circunstância".

    "O destino da região está nas mãos de seu próprio povo", disse o presidente norte-americano.

    Segundo ele, os ataques são um "resultado direto" da incapacidade da Rússia de impedir Assad de usar armas químicas, que ele comparou a "crimes de um monstro".

    "O presidente Trump aprovou ataques militares dos EUA na Síria", disse o repórter do Pentágono, Lucas Tomlinson, citando um funcionário do governo.

    EUA, Reino Unido e França prometeram esta semana uma "resposta internacional" contra o presidente sírio, Bashar Assad, pelo suposto uso de armas químicas em Douma.

    As defesas aéreas sírias foram ativadas e "explosões" foram ouvidas em Damasco.


    “A resposta combinada americana, britânica e francesa responde a essas atrocidades integrará todos os instrumentos do nosso poder nacional: militar, econômico e diplomático”, ressaltou o presidente.

    Há dias Trump vinha ameaçando uma resposta dura ao ataque químico na cidade de Duma. No domingo (8), pelo  Twitter, afirmou que Rússia e Irã eram responsáveis por apoiar o “animal” Assad e que haveria um “grande preço” a pagar.

    Os EUA consideram oito alvos na Síria, informa o canal de televisão CNBC, citando fontes seguras. A lista de alvos potenciais inclui dois aeródromos militares, um centro de pesquisa e uma empresa supostamente relacionada à produção de armas químicas.

    Segundo as agência de notícias, explosões já são ouvidas nos céus de Damasco, capital da Síria.

    Gás químico em Duma

    O ataque com o uso de um gás tóxico deixou dezenas de mortos e feridos na Síria na semana passada.

    Duma fica na região de Guta Oriental, onde desde fevereiro o governo sírio trava uma batalha para retomar o controle das mãos dos rebeldes.

     

    Fonte - Das Agências

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08