• Viva Bela Cosméticos
  • Auto Escola Norte
  • Odonto Malini
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Chácara da Sefin
  • Faculdade UNIJIPA
  • Cena de fotógrafo resgatando menino na Síria vira ícone contra guerra

    A guerra na Síria traz imagens fortes e emblemáticas. A última é esta. O fotógrafo sírio Abd Alkader Habak corre com um menino ferido nos braços&...

    Mundo
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 18/04/2017 ÀS 13:13:31

    Cena de fotógrafo resgatando menino na Síria vira ícone contra guerra



    A guerra na Síria traz imagens fortes e emblemáticas. A última é esta. O fotógrafo sírio Abd Alkader Habak corre com um menino ferido nos braços após explosão um comboio de carros que deixou mais de cem mortos, entre eles 68 crianças.


    A imagem do fotógrafo que escolheu salvar a criança a registrar mais um ataque já ganha destaque, como as fotos de Alan Kurdi, o menininho morto em uma praia turca, e também de Omran Daquneesh, coberto de poeira em uma ambulância em Aleppo.








    Em comum, as três imagens mostram o sofrimento das crianças durante a guerra que já se dura mais de seis anos. Cada uma, mostra um momento. A primeira, o sofrimento de quem foge da Síria. A segunda, a resistência das crianças. E a terceira, o sofrimento de quem vê tudo.


    O relato


    O fotógrafo Habak contou em uma matéria da rede norte-americana CNN que estava perto da explosão que matou 68 crianças no sábado. Ele lembra que foi derrubado pelo impacto, mas se levantou e antes de pensar em fotografar só quis tentar ajudar.


    Ao se aproximar, viu uma criança morta. Ele ignorou o grito de pessoas próximas, que pediam para que não se aproximasse das outras crianças, já que o local era muito perigoso. Quando percebeu que o menino ainda respirava, ele o pegou no colo.


    “O menino estava segurando firme a minha mão e olhando para mim”, contou o fotógrafo à CNN. Ele disse, no entanto, não saber se a criança sobreviveu. Ao tentar ajudar mais crianças e vendo o cenário de morte, Habak se desesperou e chorou.

















    A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre









     


     

    Fonte - Das Agências

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08