• AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Viva Bela Cosméticos
  • Grelhados Amburgueria
  • Governo de Rondonia
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Morena Bonita Salão de Beleza
  • GIRO RAPIDO LAVA JATO
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Inmet monitora chegada de nova onda de frio para o final de julho; possibilide de atingir o Sul da Amazônia estão sendo avaliadas

    Meteorologia
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 19/07/2020 ÀS 15:06:48

    Inmet monitora chegada de nova onda de frio para o final de julho; possibilide de atingir o Sul da Amazônia estão sendo avaliadas


    O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou nesta sexta-feira (17) que monitora a chegada de nova onda de frio para o final de julho.  Até lá, todo o país terá um período sem chuvas, inclusive a parte sul do Brasil, que vem registrando volumes expressivos desde o início do Inverno. 

    De acordo com Francisco de Assis Diniz, meteorologista do Inmet, os modelos indicam que a partir do dia 25 uma nova frente fria começa a se formar pelo Rio Grande do Sul, devolvendo as condições de chuvas expressivas - entre 70 e 100 milímetros de precipitação no final da próxima semana. Até o momento, os modelos apontam chuvas apenas no Rio Grande e Santa Catarina. 

    Após a passagem do sistema, uma nova massa de ar frio deve atingir toda a região e derrubar as temperaturas. "Vem um frio até forte e que deve pegar a parte Central do Brasil, como Sul da Amazônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de toda a região sul", afirma o meteorologista.  Francisco destaca que a nova onda está sendo monitorada e que informações como intensidade e condições de temperatura, devem ser determinadas com a aproximação do sistema. 


    Próxima semana será seca e quente 

    A persistência de uma massa de ar seco sobre o Brasil vai impedir que novas condições de chuvas se formem em todo o país, inclusive na parte sul onde os volumes vem sendo mais significativos desde o início do Inverno. Os modelos apontam também que as temperaturas tendem a ficar mais elevadas em todas áreas do país.

    Grande parte do Brasil já está sem chuvas há mais de dois meses, principalmente no interior do Brasil Central, onde as condições são favoráveis aos incêndios que podem atingir lavouras. Segundo Naiane, durante os próximos dias, a umidade relativa do ar continuará baixa na região, com destaque para Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e oeste de Goiás, onde a umidade relativa do ar deve ficar entre 10 e 15%. 

    O mapa de previsão de temperatura do Inmet, para as próximas 24 horas, mostram tendência de mínimas entre 14 e 20 graus no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Já no Paraná, as mínimas tendem a ser mais expressivas, com até 24 graus em algumas áreas. 

    Veja o mapa de previsão de temperatura para as próximas 24 horas: 

     

    Fonte - INMET

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08