Furacão Matthew mata ao menos 25 pessoas e ruma para Bahamas e EUA

PORTO PRÍNCIPE/GUANTÁNAMO, Cuba (Reuters) - O furacão Matthew, a tempestade caribenha mais feroz em quase uma década, rumou para as Bahamas e a costa leste da Flórid...

Meteorologia
2 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 05/10/2016 ÀS 19:36:33

Furacão Matthew mata ao menos 25 pessoas e ruma para Bahamas e EUA

PORTO PRÍNCIPE/GUANTÁNAMO, Cuba (Reuters) - O furacão Matthew, a tempestade caribenha mais feroz em quase uma década, rumou para as Bahamas e a costa leste da Flórida, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira, depois de castigar o Haiti e Cuba com chuvas torrenciais e matar ao menos 25 pessoas.


O furacão, que a Organização das Nações Unidas (ONU) disse ter criado a pior crise humanitária a atingir o Haiti desde o terremoto devastador de 2010, assolou Cuba e o Haiti com ventos de 230 quilômetros por hora na terça-feira, golpeando cidades, terras de cultivo e resorts. O Haiti adiou a eleição presidencial que seria realizada no domingo.


Nos EUA, milhões de pessoas foram orientadas a deixar o litoral sudeste, e o governador da Flórida, Rick Scott, alertou os moradores para que se preparem para uma possível catástrofe se a tempestade os atingir diretamente.


    Centenas de milhares de pessoas foram retiradas da trajetória do Matthew, que provocou grandes inundações e matou quatro pessoas na República Dominicana, além de ao menos 21 no Haiti, os dois países que dividem a ilha de Hispaniola.


    A tempestade abriu um caminho de devastação pelo oeste haitiano, destruindo casas, virando barcos e destroços em estradas costeiras e causando enormes alagamentos em áreas residenciais.


    Furacão de Categoria 4 durante a terça-feira, o Matthew foi rebaixado para a Categoria 3 no princípio desta quarta-feira, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês), que tem sede em Miami.


 


internacional 04 10 16 1


internacional 04 10 16 1


internacional 04 10 16 1


Dados meteorológicos
De acordo com o National Hurricane Center (NHC), “Matthew” ainda estava muito forte ao fazer landfall (tocar o solo) no oeste do Haiti, na categoria 4 na Escala Saffir-Simpson, com ventos de até 230 km/h.


internacional 04 10 16 1


 


internacional 04 10 16 1


(Crédito das imagens: Reprodução/Google 



(Por Joseph Guyler Delva e Sarah Marsh)

 

Fonte - REUTERS

Fotográfo - Divulgação

 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08