Fechar
Popup
Portaljipa
  •  
  •  
  •  
  •  

Incêndio em Nova União, RO, devasta 25% de mata; Brasil registra 84 mil pontos de chamas em 2018

Meio Ambiente

POR Paulo Portaljipa EM 22/09/2018 ÀS 15:04:42

Incêndio em Nova União, RO, devasta 25% de mata; Brasil registra 84 mil pontos de chamas em 2018

Em 11 dias, o incêndio de grandes proporções que atingiu uma reserva ambiental em Nova União (RO), região a pouco mais de 370 quilômetros de Porto Velho, capital de Rondônia, destruiu cerca de 2,5 mil hectares de mata, segundo o Corpo de Bombeiros local. Com uma área total de 10 mil hectares, o número equivale a 25% de toda extensão da reserva. É como se tivesse queimado mais de 3,5 mil campos de futebol. O fogo começou em 8 de setembro.

As labaredas prevaleceram pelo entorno da reserva, onde havia propriedades rurais, e o centro. Como consequência, cerca de 30 produtores rurais ficaram sem terra. No meio disso, animais como tatus, cobras e jabutis foram encontrados mortos.

00:00/00:5Incêndio de grandes proporções atinge Nova União (RO)

Porém, esse não foi o único incêndio de grandes proporções que ocorreu no Brasil. Ele se soma aos mais de 84 mil focos de calor registrados até o fim da última semana, de acordo com o banco de dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A quantidade de pontos de chamas contabilizadas faz com que o país permaneça na primeira posição da lista entre os mais castigados pelas queimadas da América Latina.

Dentro do Brasil, de 1ª de janeiro até o momento, Mato Grosso segue na primeira posição entre os 10 estados que mais apresentaram focos de incêndio no ano. O Mato Grosso representa cerca de 17% do número total do Brasil, com mais de 14 mil pontos de chamas. Pela gravidade, se mantém no chamado “período proibitivo” de queimadas até 15 de outubro pelas zonas rurais da região, onde há mais incidências de incêndios.

Em seguida vem Amazonas, Pará e Rondônia, respectivamente. A diferença no número de focos de incêndio é pequena entre os estados, mas Pará e Rondônia têm quase 8,5 mil pontos de calor registrados, enquanto Amazonas passou da marca.

Veja os estados que mais queimam no país
Dados de 1º de janeiro a 21 de setembro
14.65714.6578.5638.5638.4888.4888.0738.073Mato GrossoAmazonasParáRondônia02k4k6k8k10k12k14k16k
Rondônia
8.073
Fonte: Satélite Referência INPE

O Amazonas, por exemplo, registrou um aumento de 36,7% no primeiro semestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2017. Já Rondônia, entre julho e agosto, registrou um aumento considerável de 300% no número de focos.

Série histórica

Apesar dos registros de focos, o Brasil em 2018 se mantém entre os menores índices de incêndios na série histórica do Inpe em 20 anos. No ano passado, por exemplo, o país terminou o ano com mais de 200 mil focos de incêndio.

“Se analisarmos os números mensais, o Brasil ultrapassou a quantidade mínima de focos de incêndio, mas não chegou a máxima. O ano passado também terminou abaixo da média. Possivelmente, o país continue assim até o fim de 2018. Desde 2011 estamos abaixo da média”, disse Gabriel Constantino. Ele é chefe nacional do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Série histórica do país em queimadas: Brasil
Total de focos ativos detectados no período de 1998 até 21/09/2018.
134.618134.618101.535101.535145.487145.487341.353341.353380.570380.570249.263249.263394.004394.004212.005212.005155.190155.190319.503319.503158.180158.180217.336217.336128.232128.232175.993175.993216.881216.881207.633207.63386.33586.3351998199920002001200220032004200520062007200820092010201120122013201420152016201720180100k200k
 

Fonte - Por Mayara Subtil e Gedeon Miranda, G1 RO, Ji-Paraná e Região Central

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •