• Expojipa2 019
  • Auto Escola Norte
  • Odonto Malini
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • RONDÔNIA – Guerra entre índios e madeireiros pode terminar em tragédia

    Judiciário
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 14/12/2017 ÀS 11:33:57

    RONDÔNIA – Guerra entre índios e madeireiros pode terminar em tragédiaLocalizada entre os municípios de Porto Velho e Nova Mamoré, em Rondônia, a reserva dos índios Karipuna, uma área de floresta com cerca de 153 mil hectares, se tornou um campo de guerra e pode culminar em um massacre de índios na região.

    O alerta foi dado pelo Ministério Público Federal em Rondônia, que formalmente advertiu a FUNAI – Fundação Nacional do Índio, sobre um iminente derramamento e sangue nessa reserva, uma vez que a área vem sendo tomada de forma avassaladora por madeireiros.

    Dados apurados pelo MPF, mostraram que a reserva Karipuna foi a segunda á área indígena mais atacada pela destruição florestal em 2017, com um registro de 88 focos de incêndio neste ano.

    De acordo com o cacique Adriano Karipuna, a sua comunidade anda aterrorizada. “Estamos com medo de massacre mesmo”, disse o líder indígena, que inclusive já foi alvo de ameaças de morte. Nesta mesma reserva, policiais militares foram atacados no ano de 2015.

    O alerta do MPF apontou que durante a noite a reserva é tomada por caminhões transportando toras de madeira, o ato criminoso é realizado sem qualquer fiscalização, deixando os índios acuados e reduzidos à um espaço de terra, o medo de morte é constante, já que o numero de madeireiros e seus armamentos são superiores aos recursos de defesa dos índios.

    Desmantelado e esquecido pelas últimas gestões do Governo Federal, a FUNAI pouco pode fazer para conter o problema, com severos cortes em seu orçamento a entidade não vem conseguindo arcar com as contas básicas de sua estrutura funcional, por muitas vezes, funcionários arriscam a própria vida no desempenho de suas funções.

    O governo de Rondônia até o momento se mantém a parte sobre a devida fiscalização da madeira, uma ação aguardada pela comunidade indígena é uma operação em conjunto pelas autoridades policiais para colocar um final ao roubo de madeiras na reserva. Mas por enquanto, o medo é o que impera na rotina desses cidadãos nativos, decididos a lutarem para manter a floresta e suas raízes.


     

    Fonte - JH Notícias/Foto: TV Rondônia

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08