• Viva Bela Cosméticos
  • Faculdade UNIJIPA
  • Auto Escola Norte
  • Reveillon do Vera
  • Chácara da Sefin
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Zoo Fest
  • Justiça julga, em nova data, recurso de 23 réus da Operação Dominó em Porto Velho

    Judiciário
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 23/04/2019 ÀS 16:12:43

    Justiça julga, em nova data, recurso de 23 réus da Operação Dominó em Porto Velho

    O julgamento dos recursos dos 23 réus da Operação Dominó deve acontecer na próxima quarta-feira (24), segundo o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO). O julgamento foi adiado no início do mês, após a defesa de dois réus entrar com recurso.

    Os 23 são acusados de desviar mais de R$ 11 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO), entre junho de 2004 e junho de 2005. A ação ilícita, de acordo com as investigações, acontecia por meio de uma folha de pagamento paralela.

    Diante disso, a Polícia Federal deflagrou a Operação Dominó em 2006. Dez anos depois, todos os atuais recorrentes do presente julgamento foram condenados em sentença judicial pela 2ª Vara Criminal da comarca de Porto Velho.

    O julgamento dos recursos desses acusados estava previsto para acontecer no último dia 9 de abril, mas foi adiado após a defesa de dois réus entrar com agravo regimental, analisado e acatado um dia antes pela Justiça.

    Conforme a decisão, o novo advogado dos dois réus alegou que precisava se inteirar dos autos para só assim efetivar a defesa técnica dos seus clientes com sustentação oral. A manobra jurídica citada é um recurso previsto pelo regimento interno dos tribunais.

    Dessa forma, o relator do processo, o desembargador Roosevelt Queiroz Costa, remarcou o julgamento para uma sessão extraordinária, prevista para acontecer amanhã, quarta-feira (24). O relator embasou sua decisão afirmando que o adiamento aconteceu para que se questione futuramente qualquer pedido de nulidade do processo que possa ocorrer.

    O prazo de 15 dias, a partir da data de remarcação, foi entendido pelo relator como tempo suficiente para que a nova defesa dos recorrentes se concretize.

     

    Fonte - G1

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08