Cassol diz que presidente afastada deveria ter seguido seu exemplo e gravado inimigos

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a quatro anos e oito meses de prisão por fraude em licitação, o senador Ivo Cassol (PP-RO) usou a tribuna durante o julgamento do i...

Judiciário
1 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 31/08/2016 ÀS 11:26:08

Cassol diz que presidente afastada deveria ter seguido seu exemplo e gravado inimigos

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a quatro anos e oito meses de prisão por fraude em licitação, o senador Ivo Cassol (PP-RO) usou a tribuna durante o julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff para se defender.

Ele afirmou que o processo só foi autorizado pela Assembleia Legislativa quando era governador porque tinha gravado deputados estaduais lhe pedindo dinheiro para parar as investigações. Disse não se envergonhar dos processos a que responde porque os atribui ao enfrentamento.

Somente ao final do discurso vinculou o seu caso ao de Dilma, dizendo que ela deveria ter feito como ele e gravado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ou outros políticos que lhe tenham chantageado.

— Nunca aceitei achaque, chantagem e acordos inescrupulosos. Era isso que a presidente Dilma deveria ter feito. Se estava sofrendo achaque do presidente da Câmara ou outro parlamentar deveria ter gravado como eu fiz — afirmou, anunciando o voto pelo impeachment.

Por Leticia Fernandes e Eduardo Bresciani




 

Fonte - Assessoria

Fotográfo - Divulgação

 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08