Portaljipa
  •  
  •  
  •  
  •  

Trabalhadores da Eletrobras encerram paralisação antes de 72 horas e retornam ao trabalho

Justiça libera privatização de distribuidoras da Eletrobras

Geral

POR Paulo Portaljipa EM 12/06/2018 ÀS 16:40:45

Trabalhadores da Eletrobras encerram paralisação antes de 72 horas e retornam ao trabalho

Os trabalhadores da Eletrobras Rondônia, desistiram da paralisação de 72 horas. O manifesto tinha sido deflagrado na última segunda-feira (11), mas os trabalhadores retornaram, na manhã desta terça-feira (12), aos postos de trabalho.

Segundo o presidente do Sindicato dos Urbanitários de Rondônia (Sindur), Nailor Gato, o encerramento foi decidido em assembleia geral realizada na tarde de segunda-feira. “Alguns estados mantém a paralisação de 25% do efetivo, mas Rondônia optou pelo retorno de 100% do pessoal”, explicou o sindicalista.

Os manifestantes também queriam a saída do atual presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior.

O sindicalista, que está em Brasília, se uniu a outras lideranças sindicais e, nessa terça-feira, manteve conversa com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (Democratas) para tratar da privatização da Eletrobras.

“Hoje (terça-feira) e amanhã (quarta-feira) nos reuniremos com alguns parlamentares para tratar de assuntos relacionados sobre privatização da Eletrobras e ao aumento de energia”, explicou.

Sobre o processo de privatização, a assessoria da Eletrobras divulgou nota explicando o que aconteceu e quais os procedimentos que serão adotados pela estatal.


Justiça libera privatização de distribuidoras da Eletrobras

desembargador Fernando Antonio Zorzenon da Silva, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, com sede no Rio de Janeiro, acatou pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender a liminar que impedia o processo de privatização de cinco distribuidoras da Eletrobras.

A decisão, tomada na segunda-feira (11), envolve a Amazonas Distribuidora de Energia S.A. (Amazonas Energia), as Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), a Companhia Energética de Alagoas (Ceal) e a Companhia Energética do Piauí (Cepisa).

Há uma semana, a juíza Raquel de Oliveira Maciel, do TRT-1, deferiu liminar a pedido de sindicatos que paralisava o processo. A magistrada fixava prazo de 90 dias um estudo sobre os impactos da privatização nos contratos de trabalho.

Na decisão, a juíza destaca que a Eletrobras, por meio das empresas distribuidoras de energia elétrica, possui 11.405 funcionários, sendo 6.277 contratados e 5.128 terceirizados, e que a proposta teria um forte impacto em seus contratos.


 

Fonte - G1

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa