• Chácara da Sefin
  • Auto Escola Norte
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Odonto Malini
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Expojipa2 019
  • Viva Bela Cosméticos
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Prefeitura intensifica ações contra a dengue em Ji-Paraná

    Com uma comissão multidisciplinar que trabalha no combate ao mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), irá inte...

    Geral
    5 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 26/10/2016 ÀS 16:54:55

    Prefeitura intensifica ações contra a dengue em Ji-Paraná

    Com uma comissão multidisciplinar que trabalha no combate ao mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), irá intensificar as ações de combate a dengue no município.


     


    A comissão é formada por representantes da Semusa, por meio de seus departamentos de Atenção Básica, Epidemiologia, Vigilância Ambiental, Hospital Municipal, Endemias, além de representantes das Secretarias de Obras, Meio Ambiente, Educação, do Conselho Municipal de Saúde a Polícia Militar, Detran e outros órgãos.


    “Iniciamos as ações do comitê no primeiro semestre deste ano, por meio de uma força tarefa que envolvia um conjunto de ações de combate ao Aedes. Embora o nosso município estivesse com seus índices controlados, o país estava com estado de emergência frente ao grande número de casos de dengue, febre chuikungunya e zika vírus, resultando em alto número de óbitos, complicações graves e ocorrência de microcefalia associada a zika na gestação. Diante do sucesso das ações executadas no primeiro semestre, o Comitê realizou a primeira reunião neste semestre para planejar preventivamente a estratégia mais eficaz a ser executada antes e durante o período mais crítico de transmissão desses agravos”, comenta Marlene Silva Alencar, diretora das Equipes de Saúde da Família (ESF) e das Equipes de Agentes Comunitários de Saúde (EACS)


    Dentre as deliberações do comitê, as principais medidas a serem adotadas são:


    - Solicitar ao Estado material gráfico para divulgação da Campanha e outros recursos que possam ser disponibilizados ao município;


    - Aquisição de telas destinadas a proteção das fossas sépticas domésticas, pois essa foi uma medida de controle eficiente, após a descoberta de que o mosquito de multiplica nesse meio. As telas foram distribuídas pelos agentes comunitários de saúde no início do ano e esse trabalho será mantido;


    - Divisão dos bairros em menores áreas para intensificação das visitas que já são realizadas pelos agentes de endemias e outras que serão visitadas pelos agentes comunitários de saúde;


    - Solicitar ao Estado o envio dos inseticidas, que serão utilizados nas atividades de bloqueio em bairros de maior ocorrência de casos;


    - Reforçar a parceria com representantes da Igreja Católica e  Evangélica, convidando-os a integrar o Comitê;


    - Fomentar as ações de educação continuada nas Unidades de Saúde, escolas e empresas;


    - Buscar parceria com o CDL para divulgar as ações de prevenção e controle do mosquito nos estabelecimentos comerciais, entre empregados e, empregadores e clientes;


    - Convidar um membro  do Ministério Público estadual para participar do Comitê;


    A próxima reunião do Comitê está agendada para sete de novembro, na sede da SEMUSA.


     


    Ascom- 26-10-2016.Prefeitura intensifica ações contra a dengue


     


    Com uma comissão multidisciplinar que trabalha no combate ao mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), irá intensificar as ações de combate a dengue no município.


    A comissão é formada por representantes da Semusa, por meio de seus departamentos de Atenção Básica, Epidemiologia, Vigilância Ambiental, Hospital Municipal, Endemias, além de representantes das Secretarias de Obras, Meio Ambiente, Educação, do Conselho Municipal de Saúde a Polícia Militar, Detran e outros órgãos.


    “Iniciamos as ações do comitê no primeiro semestre deste ano, por meio de uma força tarefa que envolvia um conjunto de ações de combate ao Aedes. Embora o nosso município estivesse com seus índices controlados, o país estava com estado de emergência frente ao grande número de casos de dengue, febre chuikungunya e zika vírus, resultando em alto número de óbitos, complicações graves e ocorrência de microcefalia associada a zika na gestação. Diante do sucesso das ações executadas no primeiro semestre, o Comitê realizou a primeira reunião neste semestre para planejar preventivamente a estratégia mais eficaz a ser executada antes e durante o período mais crítico de transmissão desses agravos”, comenta Marlene Silva Alencar, diretora das Equipes de Saúde da Família (ESF) e das Equipes de Agentes Comunitários de Saúde (EACS)


    Dentre as deliberações do comitê, as principais medidas a serem adotadas são:


    - Solicitar ao Estado material gráfico para divulgação da Campanha e outros recursos que possam ser disponibilizados ao município;


    - Aquisição de telas destinadas a proteção das fossas sépticas domésticas, pois essa foi uma medida de controle eficiente, após a descoberta de que o mosquito de multiplica nesse meio. As telas foram distribuídas pelos agentes comunitários de saúde no início do ano e esse trabalho será mantido;


    - Divisão dos bairros em menores áreas para intensificação das visitas que já são realizadas pelos agentes de endemias e outras que serão visitadas pelos agentes comunitários de saúde;


    - Solicitar ao Estado o envio dos inseticidas, que serão utilizados nas atividades de bloqueio em bairros de maior ocorrência de casos;


    - Reforçar a parceria com representantes da Igreja Católica e  Evangélica, convidando-os a integrar o Comitê;


    - Fomentar as ações de educação continuada nas Unidades de Saúde, escolas e empresas;


    - Buscar parceria com o CDL para divulgar as ações de prevenção e controle do mosquito nos estabelecimentos comerciais, entre empregados e, empregadores e clientes;


    - Convidar um membro  do Ministério Público estadual para participar do Comitê;


    A próxima reunião do Comitê está agendada para sete de novembro, na sede da SEMUSA.


    Ascom- 26-10-2016.

     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08