• Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Viva Bela Cosméticos
  • Instituto de Olhos Caius Prieto Ji-Parana
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • CASA DE ALTO PADRÃO A VENDA EM JI-PARANÁ
  • Mercadão dos Óculos
  • Materjipa Materiais para Construção
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Prefeitura e Ministério Público unem-se para combater o trabalho infantil

    Em parceria com o Ministério Público do Trabalho de Ji-Paraná a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) firmou uma parceria para intensificar as açõ...

    Geral
    3 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/11/2015 ÀS 17:34:35

    Prefeitura e Ministério Público unem-se para combater o trabalho infantil

    Em parceria com o Ministério Público do Trabalho de Ji-Paraná a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) firmou uma parceria para intensificar as ações de sensibilização da sociedade, visando o combate ao trabalho infantil.


    O objetivo desta iniciativa são a promoção e a discussão deste tema tão importante para o País e também no âmbito ji-parananese e também capacitar  a rede de proteção social das crianças envolvidas em atividades ligadas ao trabalho infantil.


    Uma das ações será a realização na próxima sexta-feira (20), a partir das 8 horas, no auditório da Coordenadoria Regional de Ensino (CRE), no Primeiro Distrito, a palestra “Diga Não ao Trabalho Infantil”. A entrada é gratuita e o evento é aberto para todos os cidadãos que queiram inteirar-se sobre o tema.


    Os detalhes da palestra foram transmitidos pessoalmente ao prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires, em seu gabinete, numa reunião ocorrida na manhã de hoje, na qual estiveram presentes a secretária municipal de Assistência Social, Sônia Reigota; a coordenadora do Centro Municipal de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Glécia Alves; e a Dra Aline Riegel Nilson, procuradora do Ministério do Trabalho. Na ocasião, o chefe do executivo também foi brindado com uma camiseta alusiva o tema, feita com exclusividade para o acontecimento.


     A procuradora do Ministério do Trabalho afirmou ser importante conscientizar a sociedade, especialmente junto aos atores sociais diretamente ligados ao tema. “É preciso também esclarecer o que diz a legislação a este respeito e quais são os limites legais de atuação do estado. Também é importante tratar este problema com uma ação articulada e educacional dos vários atores envolvidos na questão, entre eles a Prefeitura, o Conselho Tutelar, as polícias Civil e Federal e também os professores”, disse a procuradora Aline Riegel.


    Sônia Reigota revela que, de fato, é preciso dar contornos mais precisos à discussão para que as políticas públicas possam ser aperfeiçoadas por parte do poder municipal. “Apesar da nossa atuação há muito tempo nesta área, ainda temos dúvidas a respeito. Precisamos realmente nos localizar com mais informações e orientações para poder oferecer novas políticas de enfrentamento do problema já em 2016, de forma efetiva, sem punir os pais ou prevaricar no nosso atendimento. Nossa intenção é, além de continuar atuando sobre a questão como já vimos fazendo, criar uma equipe para lidar com o trabalho infantil, fazer uma busca ativa e erradicá-lo por completo aqui em Ji-Paraná, atuando em conjunto com o Ministério Público e com todas as demais forças da comunidade”, assegurou a secretária.


    Ascom, 17/11/2015


     


     

     

    Fonte - Assessoria

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08