Portaljipa
  •  
  •  
  •  

Polícia Militar forma 215 sargentos e 134 cabos

Geral

POR Paulo Portaljipa EM 26/10/2018 ÀS 09:42:58

Polícia Militar forma 215 sargentos e 134 cabos

O grupo integrante do Centro de Ensino da Polícia Militar de Rondônia anunciou, nesta quinta-feira (25), a formatura de 215 sargentos que trabalharão em batalhões e companhias da corporação em Porto Velho e no interior do estado.

Eles estudam 12 horas por dia e manterão esse ritmo até a conclusão do curso de aperfeiçoamento, em dezembro próximo. Os estudos são ministrados por 32 orientadores, entre os quais, professores de direito penal, direito constitucional, e especialistas em Lei Maria da Penha e Lei das Drogas.

“A capacitação traz grande aprimoramento ao trabalho deles e todos poderão atender com melhor profissionalismo à sociedade na área de segurança pública”, disse a sargento Cássia Mota, coordenadora do grupo.

Os sargentos estão no terceiro mês do curso que tem a duração de cinco meses. Muitos deles se distanciaram da família, a fim de participar ininterruptamente das aulas.

PALESTRA

Ontem, a chefe do Núcleo de Gestão do Conhecimento da PM de Minas Gerais, tenente Flávia Figueiredo, apresentou aos alunos do Curso de Formação de Sargento (CFS) II um projeto desenvolvido em Minas Gerais que trata de um estudo científico para ocupação dos cargos. ‘‘Queremos tornar a Polícia Militar mais científica para que possamos aumentar o desempenho organizacional por meio das competências dos ocupantes dos cargos. E aqui encontramos policiais muito participativos’’, afirma.

O primeiro público a receber a palestra foram os alunos do Curso de Formação de Sargento (CFS) II. ‘‘Essa formação e todo conhecimento agregado é importante porque o sargento vai estar à frente de tropas, comandando viaturas e será exemplo para cabos e soldados e isso vai refletir em uma população mais protegida’’, avalia o comandante do 3º Pelotão do CFS II, sargento PM Jerônimo Rodrigues Vilar Nunes. O curso começou em agosto com o primeiro mês na modalidade Ensino a Distância (EaD) e com formação prevista para dezembro, 90% dos alunos têm 16 anos de profissão.

‘‘Nós conhecemos a tenente Flávia que é psicóloga e oficial da Polícia Militar de Minas Gerais no ano passado, quando eles apresentaram para nós a política de valorização de pessoal de Minas. Achei muito interessante e a trouxemos para fazer várias palestras para nossos formandos dos muitos cursos que nós temos’’, afirma o governador.

FORMAÇÃO DE CABOS

Em solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (25) no Centro de Ensino da Polícia Militar, em Porto Velho, 134 cabos foram formados. Segundo o coordenador do curso, capitão Adenilson Silva Chagas, a formação teve duração de cinco meses, na modalidade Ensino a Distância (EaD) dividida em quatro módulos. ‘‘É uma oportunidade para rever procedimentos básicos, rever a legislação e preparar muito mais o policial para atender a sociedade. Além do fator motivador pelo fato deles estarem sendo promovidos’’, disse.

O comandante da PM, coronel PM Mauro Ronaldo Flores Correa, afirma que a iniciativa faz parte da política de restruturação do quadro organizacional da corporação. ‘‘Muitos policiais estavam há mais de dez esperando por galgar graduações’’. O que se tornou possível após aprovação em junho deste ano da lei de progressão funcional de autoria do governo.

Mais de 2 mil policiais militares de todo o estado participam além de cursos de formação de cabos, da formação de 3° sargentos e o de habilitação de oficiais administrativos e em breve será iniciado o curso de aperfeiçoamento de oficiais. ‘‘Estamos construindo algo diferente em Rondônia investindo em educação e na formação’’, afirma o governador de Rondônia Daniel Pereira.

Para Daniel, o Estado criou condições de melhorar índices de combate a criminalidade. ‘‘Rondônia junto com São Paulo e Santa Catarina foram os que mais reduziram o índice de homicídios por 100 mil habitantes. Estamos criando condições para que o estado seja o mais seguro do Brasil’’, afirma o governador após apontar medidas implantadas recentemente no Estado como o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), uso de equipamento mobile e o Sistema de Análise Criminal.

Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Jeferson Mota




 
 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa