Portaljipa
  •  
  •  
  •  
  •  

Morre Moreira Mendes ex-senador de Rondônia

Geral

POR Paulo Portaljipa EM 11/07/2018 ÀS 10:15:22

Morre Moreira Mendes ex-senador de Rondônia

Morreu hoje aos 71 anos de idade o ex-senador Moreira Mendes de Rondônia. Ele estava em casa, em Ariquemes, nas últimas em consequência de um câncer. Há uma semana Moreira Mendes estava internado no hospital Sírio Libanês em São Paulo. Como já estava desenganado dos médicos, a família resolveu trazê-lo de volta para Rondônia 

O velório deve começar às 17 horas de hoje na OAB de Porto Velho.  Mendes deixa a mulher Cristina e três filhos do primeiro casamento: Guilherme, Rodrigo e Ricardo.  

Rubens Moreira Mendes Filho nasceu em São Paulo no dia 19 de julho de 1946, filho de Rubens Moreira Mendes e Stela Sabiao Mendes. Cursou o ensino médio no Instituto de Educação Anísio José Moreira, na cidade de Mirassol (SP), e formou-se no curso de direito na Faculdade de Direito Rio Pretense, em São José do Rio Preto. 

Moreira Mendes chegou a de Rondônia em 1972 onde passou a desenvolver as atividades de agropecuarista e advogado. Além disso, foi procurador da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia. 

Em 1976, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (ARENA), partido de sustentação dos governos militares do Regime de 1964, fundado após a edição do Ato Institucional nº 2 (AI-2), que determinou a extinção do pluripartidarismo e a implantação do bipartidarismo. Em 1979, com a restauração do pluripartidarismo no Brasil e após a reforma partidária, a ARENA foi refundada com o nome de Partido Democrático Social (PDS), ao qual Moreira Mendes manteve-se filiado. 

De 1991 a 1993, Moreira Mendes ocupou o cargo de Secretário de Estado da Administração de Rondônia no Governo Osvaldo Piana (1991-1995). Em 1993, o PDS se fundiu ao Partido Democrata Cristão (PDC) e juntos formaram o Partido Progressista Reformador (PPR), que passou a se chamar Partido Progressista Brasileiro (PPB), a partir de 1994, após a fusão do PPR com o primeiro Partido Progressista (PP). Moreira Mendes manteve-se filiado a esta agremiação, em suas várias denominações. 

Em 1995, porém, deixou o PPB e filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). 

Em 1999, assumiu o mandato de senador, na condição de suplente, em virtude da renúncia do titular da vaga, José Bianco, que se elegera para o cargo nas eleições de 1994. Neste mesmo ano, Moreira Mendes deixou o PDT e filiou-se ao Partido da Frente Liberal (PFL). No Senado Federal, foi vice-líder do governo Fernando Henrique Cardoso e do PFL. 

No pleito de 2002, tentou reeleger-se a uma vaga no Senado Federal, na legenda do PFL, mas não obteve êxito. Deixou o Senado em janeiro de 2003, ao final do seu mandato. 

Em 2005, deixou o PFL e filiou-se ao Partido Popular Socialista (PPS), legenda na qual se elegeu deputado federal pelo estado de Roraima no pleito de 2006, iniciando seu mandato em fevereiro de 2007. Nesta legislatura, foi vice-líder do PPS na Câmara e membro titular das comissões permanentes de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. 

 


 

Fonte - FONTES: Portal da Câmara dos Deputados

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa