• Materjipa Materiais para Construção
  • Odonto Malini
  • Auto Escola Norte
  • Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Expojipa2 019
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Ji-Paraná - Campanha “Faça Bonito” mobiliza população contra exploração de crianças

    Geral
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 24/04/2018 ÀS 14:21:33

    Ji-Paraná - Campanha “Faça Bonito” mobiliza população contra exploração de crianças




    A Prefeitura de Ji-Paraná, por
    meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS),
    divulgou a programação da campanha “Faça Bonito” no combate ao abuso e à
    Exploração sexual de Crianças e Adolescentes, que será lembrado no dia 18 de maio
    em todo o Brasil. O objetivo da campanha é mobilizar a população para o combate
    a violência que pode acontecer em todas as classes sociais, independente do
    sexo e raça.



    Várias atividades serão
    realizadas em Ji-Paraná durante o mês de maio, como palestras nas escolas,
    Instituto Federal de Rondônia e Projeto Bombeiro Mirim. A intenção é alertar os
    estudantes e famílias sobre a prevenção à violência sexual. Um pit stop também
    será realizado para distribuição de panfletos informativos e divulgação da campanha.



    De acordo com a coordenadora do
    CREAS e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Família e
    Indivíduos (PAEFI), Glécia Ranny, em Ji-Paraná existe uma rede de proteção para
    o combate, punição e atendimento das vítimas, que tem sido cada vez mais
    fortalecida. A Prefeitura oferece às vítimas atendimento social, psicológico,
    pedagógico e jurídico de maneira individual e em grupo.



    “O combate a esse mal precisa
    ser feito diariamente. Apoiando as vítimas, a família e punindo o agressor.
    Todos são muito importantes para essa campanha. É possível sim quebrar o ciclo
    de violência. Quanto mais divulgamos, mais pessoas serão sensibilizadas sobre a
    urgência em denunciar os casos de abuso e exploração”, enfatizou a
    coordenadora.



    Os casos podem ser denunciados
    por meio do Ministério Público, Conselho tutelar, Delegacia de Polícia e
    principalmente pelo Disque 100. A ligação é gratuita e pode ser feita sem a
    identificação de quem está denunciando.



     

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08