• Q FOME
  • Odontologia Drº  Thiago Ribeiro
  • AABB-JIPA - Associação Atlética Banco do Brasil
  • Supermercado Irmãos Gonçalves
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Hospital de RO tem UTI interditada após contaminação de superbactéria

    Três pacientes que estavam em hospital de Vilhena foram contaminados.  Segundo unidade, retorno do atendimento está previsto para sexta (18). A Unidade de Terapia Intensiva (...

    Geral
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 18/12/2015 ÀS 14:24:11

    Hospital de RO tem UTI interditada após contaminação de superbactéria

    Três pacientes que estavam em hospital de Vilhena foram contaminados. 


    Segundo unidade, retorno do atendimento está previsto para sexta (18).




    A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Vilhena (RO), a cerca de 700 quilômetros de Porto Velho, foi interditada temporariamente por causa da contaminação de uma superbactéria. Segundo a unidade, a infecção pela bactéria Acinetobacter baumannii foi descoberta há cerca de 15 dias e três pacientes foram contaminados, mas somente na quarta-feira (16) o local foi interditado. As internações devem ser retomadas na sexta-feira (18).


    Conforme o presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Jânio Marques de Souza, a bactéria Acinetobacter baumannii foi descoberta no início do mês, através de hemoculturas – exame que pesquisa a presença de bactérias no sangue. "Após a confirmação em três amostras, nos reunimos com a coordenação geral da UTI, a direção clínica do hospital e a presidência da CCIH, e chegamos a essa conclusão de interditar para evitar um surto maior", ressalta.


    Os pacientes confirmados com a superbactéria são um um idoso, internado na UTI há três meses com complicações cirúrgicas, e um homem internado com problemas cardíacos. A terceira pessoa diagnosticada foi uma idosa, que morreu na quarta-feira após ficar quase um mês internada na unidade. Ela havia sofrido um acidente de trânsito em Chupinguaia (RO).


    Hospital Regional de Vilhena (Foto: Reprodução/TV Vilhena)

    Dois pacientes seguem internados por causa da
    bactéria (Foto: Reprodução/TV Vilhena)

    Souza salienta que a superbactéria diagnosticada na UTI atinge os pulmões e as vias urinárias. Segundo ele, a Acinetobacter baumannii é multirresistente a antibióticos. "Isolamos os dois pacientes, sendo um na UTI e outro na clínica, e já iniciamos as medicações necessárias para contê-la. Fizemos orientações para todos os funcionários da UTI e providenciamos os equipamentos de proteção individual", enfatiza.


    Segundo a CCIH, uma assepsia geral está sendo realizada na UTI. "Essa é uma bactéria conhecida no meio hospitalar e ela gera muita preocupação pela facilidade que tem de conduzir ao óbito, se não forem tomadas medidas enérgicas. Nós já fizemos todas as medidas necessárias para evitar que isso venha a ocorrer", conclui.


     

    Fonte - G1/RO

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08