• Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Faculdade UNIJIPA
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Viva Bela Cosméticos
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Conta de luz em outubro será tarifada na bandeira amarela

    Geral
    5 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 30/09/2019 ÀS 17:35:12

    Conta de luz em outubro será tarifada na bandeira amarela

    O consumidor deve estar atento as novas tarifas da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). No mês de outubro a bandeira tarifária será amarela, o que significa um aumento de R$1,50 para cada 100 KhW consumidos. Nos meses de agosto a setembro a agência adotou a bandeira tarifária vermelha, no patamar 1, com acréscimo de R$ 4 para cada 100 kWh consumido.

    Alcione Belache, engenheiro elétrico e também, CEO da Renovigi, líder na fabricação de sistemas fotovoltaicos no Brasil, explica que em períodos de transição de estação é comum ter incrementos na tarifa. “Outubro é um mês que existe uma mudança da estação seca para a estação mais úmida nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), o que significa uma elevação das vazões destes afluentes nos reservatórios, e faz com que a oferta de energia suprida pelos parques termoelétricos diminua”.           

    Esse cenário também leva à redução dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF), mesmo com a perspectiva do preço da energia (PLD) manter-se em patamar estável. O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

    “Hoje a agência reguladora utiliza estes balizadores para que se possa tomar a decisão em função das condições de geração de eletricidade. Se precisará aumentar o valor da taxa, ou não.”, explica Belache. “Isso significa, também, que estamos sempre muito volúveis e suscetíveis às mudanças climáticas. A crise hídrica é uma realidade, é preciso mudar a chave e procurar energias renováveis e gratuitas. E com isso, acabar com esse fantasma de acréscimo da conta de luz”, pondera.


    Opte por energias renováveis

    Energias renováveis são aquelas diretamente regeneradas ou reabastecidas pela natureza, nos seus processos normais, tendo, a maioria delas, a grande vantagem de provocar reduzidos impactos ambientais. Elas apresentam-se como alternativas sustentáveis ao uso de fontes tradicionais como gás natural, centrais hídricas, carvão mineral e petróleo.

    “As oportunidades de mercado estão cada vez mais crescentes e o mercado continuará a abrir-se para a produção de energia limpa e sustentável. Imagina que se consegue economizar 95% do valor pago utilizando os sistemas solares nas residências, empresas e no campo', explica Alcione.

    “Ao instalar um sistema solar, o medidor de energia elétrica é trocado por um medidor bidirecional, que registra a quantidade de energia que foi injetada na rede (produção solar) e a quantidade de energia consumida. Esta compensação consta na fatura de energia elétrica e pode ser abatida da conta nos meses seguintes”, elucida o CEO.


    A seguir, o time da Renovigi Energia Solar, listou algumas alternativas para economizar:

    1. Prefira lâmpadas econômicas:

    As lâmpadas LED podem representar uma grande economia de energia em relação ao uso de outros tipos de lâmpadas, gerando um consumo bem menor de eletricidade.

    1. Utilize a luz natural:

    A luz do dia pode ser melhor utilizada para que não seja necessário acender lâmpadas para iluminar ambientes durante o dia. Nesse sentido, a instalação de janelas, claraboias ou prateleiras de luz podem contribuir para a economia de energia.

    1. Pinte ambientes em cores claras:

    A utilização da luz natural pode ser ainda melhor no caso de ambientes pintados em cores claras, pois isto fará com que a luz reflita no espaço e o ambiente seja mais facilmente iluminado. Além disso, ambientes com cores claras podem ser iluminados com lâmpadas mais econômicas, não demandando de um grande consumo de energia.

    1. Mantenha os aparelhos sempre em bom estado:

    Aparelhos elétricos e eletrodomésticos desgastados podem facilmente contribuir para um maior consumo de energia, pois necessitam de mais força para compensar quaisquer defeitos. Assim, itens como a borracha de vedação da geladeira ou filtros de ar-condicionado devem sempre ser verificados e limpos ou trocados quando necessário.

    1. Não deixe aparelhos eletrônicos ligados

    Entre os aparelhos que mais consomem energia, os eletrônicos aparecem entre os líderes sem sombra de dúvidas. Isso acontece especialmente pelo fato de eles ficarem ligados sem necessidade quando estão fora de uso. Mantê-los em stand-by, por exemplo, pode significar um aumento de até 12% no consumo de energia.

    1. Consciência:

    Quando o ar condicionado estiver ligado, feche todas as portas e janelas. Tomar banhos mais curtos, selecionar a temperatura morna no chuveiro durante o verão. Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira, eles vão fazer com que a geladeira precise funcionar mais para esfriar aquele item. Não forre as prateleiras da geladeira. Junte as roupas para passar todas de uma vez só.

    Sobre a Renovigi

    Com mais de 500 mil painéis solares já distribuídos no Brasil, a Renovigi se destaca no mercado fotovoltaico brasileiro pela excelência no atendimento e pela qualidade de seus produtos. Hoje a empresa é líder em satisfação do consumidor, com 99,8% de clientes que indicariam a marca para um amigo, além disso, está no pódio nacional de preferência das empresas instaladoras e foi premiada duas vezes pela EXAME e Deloitte como a Média Empresa com maior crescimento no Brasil. Esses números são fruto do empenho mútuo entre a equipe Renovigi e suas mais de 5000 empresas credenciadas, espalhadas por todas as regiões do país.

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08