Ji-Paraná realiza 6º Seminário de Educação no Campo

Educação
3 minutos de leitura

Paulo Portaljipa EM 20/09/2018 ÀS 16:37:53

Ji-Paraná realiza 6º Seminário de Educação no Campo


Qual a importância da educação do campo para as famílias que moram no campo? A pergunta norteou o 6º Seminário de Educação do Campo, realizado na terça e quarta-feira (18 e 19) pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no Centro de Treinamento da Emater (Centrer).

O seminário reuniu alunos das nove escolas rurais da rede municipal de ensino de Ji-Paraná, os pais, professores, gestores, acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia e representantes da Escola Família Agrícola, Fetagro, Emater e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Durante o seminário foram abordados vários temas como os desafios e perspectivas e importância de construir um currículo que atendam os alunos que moram na área rural. Além disso, teve trocas de experiência entre as escolas onde o município já implantou o Educampo, projeto que visa inserir nas escolas rurais uma metodologia própria voltada à educação do campo.

Segundo a secretária de Educação do Município, Leiva Custódio Pereira, das nove escolas rurais de Ji-Paraná, quatro já implantaram o projeto inovador. Desde 2016, quando iniciamos o Educampo, já colhemos muitos frutos.

“Estamos adotando nas escolas a Pedagogia da Alternância, metodologia que intercala um período de convivência na sala de aula com outro no campo. A tendência é diminuir a evasão escolar em áreas rurais, pois a maneira de ensinar e o conteúdo das aulas aproximam os alunos da realidade onde vivem”, destacou a secretária.

 A implantação de uma metodologia voltada à educação do campo é um diferencial no estado, onde a maior parte dos municípios tem fechado as escolas rurais e transportado os alunos para a rede urbana. Em Ji-Paraná todo o transporte escolar é feito entre escolas do campo. “Quando decidimos implantar o Educampo foi preciso acreditar que a educação tem sim a capacidade de transformar de alguma forma as nossas comunidades rurais”, disse a secretária.

O professor e presidente da Comissão de Implantação do Educampo, Renato Eberson de Souza Santos, ressaltou que todo esse investimento na educação rural fará toda a diferença no futuro. “Teremos pessoas capacitadas para continuar atuando no campo. Nossos alunos realizam visitas às famílias, realizam pesquisas, estudam o que de verdade será significativo para a vida deles. Temos vários instrumentos pedagógicos que aproximam a escola da família e nos trás conhecimento empírico do aluno para a escola. É uma riqueza, pois conseguimos ampliar a carga horária de estudo e contextualizar o ensino aproveitando o conhecimento da família na sala de aula”, explicou o professor.


-- 

 

Fonte - Assessoria

 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08