• Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Faculdade UNIJIPA
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Odonto Malini
  • Conselho de Educação de Ji-Paraná ganha prêmio nacional em Encontro da UNCME na Bahia

    Educação
    3 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 10/11/2017 ÀS 14:23:29

    Conselho de Educação de Ji-Paraná ganha prêmio nacional em Encontro da UNCME na Bahia




    O Conselho Municipal de Educação de
    Ji-Paraná – CME/Ji-Paraná foi reconhecido nacionalmente por um artigo sobre o
    exercício da função fiscalizadora dos CMEs escrito pela superintendente de
    Ensino da Secretaria Municipal de Educação – Semed e Conselheira representante
    do Poder Executivo no CME, Edilaine Alves da Silva Nogueira, em parceria com
    Cristina Ferreira da Silva Pinccitare, Conselheira representante de pais, e
    Maria José da Silva, Conselheira representante das instituições particulares de
    educação infantil. O resultado final por categoria do Prêmio “Vilmar Rosa de
    Mendonça – Experiências Exitosas dos Conselhos Municipais de Educação” foi
    anunciado na última terça-feira, 7, na XXVII Encontro Nacional da UNCME – União
    Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, em Ilhéus/BA.



    O Prêmio Vilmar Rosa de Mendonça - nome
    dado em homenagem póstuma ao professor de Cacoal por suas inúmeras
    contribuições à Educação de Rondônia e à UNCME, quando coordenador estadual da
    entidade -, foi lançado este ano, no mês de setembro, em Cacoal. O Prêmio tem
    por objetivo identificar, reconhecer e divulgar as práticas efetivas dos
    Conselhos Municipais de Educação visando contribuir para o fortalecimento da
    gestão democrática, da participação social e da qualidade da educação
    municipal.



    O Prêmio Vilmar Rosa de Mendonça foi
    dividido em cinco categorias, sendo que o CME/Ji-Paraná foi escolhido o melhor
    trabalho pela categoria “
    Exercício
    da função fiscalizadora – processos articulados de fiscalização e controle
    social das políticas educacionais, tendo resultados positivos para a garantia
    do direito à educação, em casos de descumprimento legal ou de prevenção para a
    garantia do direito à educação”, com o trabalho “O exercício da função
    fiscalizadora pelo Conselho Municipal de Educação de Ji-Paraná/RO. A cerimônia
    de entrega da premiação aos vencedores das cinco categorias deverá acontecer no
    próximo dia 28, em Ilhéus.



     



    Exemplo
    de gestão democrática



    Sobre o Prêmio, Edilaine Nogueira disse ter
    sido o tema do artigo um “perfeito exemplo de gestão democrática” dentro da
    Educação no Município. Isto porque, o trabalho toma por base uma situação real
    em que ações da Secretaria foram questionadas quanto às suas probidades. Nele
    estão explícitas a “influência dos relatos das visitas técnicas e inspecionais”
    e as “orientações” dadas pelo Colegiado “na construção das políticas públicas”,
    bem como na perfeita “aplicação dos recursos feita pela Secretaria de Educação
    para fins de melhorias físicas, administrativas e pedagógicas” em unidades de
    ensino da Rede Municipal. A ação do Conselho Municipal de Educação como “agente
    de controle social”, neste caso, para Edilaine, foi decisivo para justificar os
    investimentos feitos pela então secretária de Educação, Leiva Custódio Pereira,
    não restando margem para o órgão fiscalizador competente, leia-se Tribunal de
    Contas do Estado de Rondônia, espreitar mínimas suspeitas de ações impróprias
    tanto da Secretaria quanto da responsável pela Pasta, que não restassem
    inteiramente e urgentemente necessárias à garantia do direito que cada cidadão,
    cada criança ji-paranaense tem a uma “educação de qualidade e a sua formação
    integral”.



    “inicialmente não pretendíamos participar do
    Prêmio, mas fomos incentivados pelo presidente da UNCME/RO (Gilvan Vasconcelos
    Gomes) e nos inscrevemos com o objetivo de ressaltar a relação de completude
    entre Conselho e Secretaria, mostrar que é possível essa relação preservando a
    identidade e a autonomia de cada entidade em prol da melhoria da qualidade do
    ensino”, disse Edilaine, ao lembrar que o Prêmio, é claro, além da satisfação
    profissional e mesmo pessoal, para o Município “significa o fortalecimento do
    Conselho, o reconhecimento da importância da normatização da educação”.



     

     

    Fonte - Assessoria

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08