• Chácara da Sefin
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Faculdade UNIJIPA
  • Auto Escola Norte
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Odonto Malini
  • Candidatos de Rondônia falam sobre tema da redação do Enem 2016

    Após o mistério do tão aguardado tema da redação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), candidatos de Rondônia falaram sobre o assunto esco...

    Educação
    4 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 06/11/2016 ÀS 18:33:08

    Candidatos de Rondônia falam sobre tema da redação do Enem 2016

    Após o mistério do tão aguardado tema da redação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), candidatos de Rondônia falaram sobre o assunto escolhido ao G1. "Me surpreendeu, mas acredito que fui bem. Fiquei surpresa", disse Hiorrana Marcial, de 22 anos, após fazer a prova em Porto Velho. Já Elis Moreno afirma ter gostado do tema e acredita que conseguirá alcançar a nota para cursar artes visuais.


    Em Cacoal, Gizelly de Souza afirma que o tema foi bem puxado e que não sabe se terá um bom desempenho. Já Fabiano Martins, de 17 anos, afirma que está otimista com o resultado. Fazendo a prova pela primeira vez, Fabiano não teve dificuldade. "O segredo é  ler com calma e saber interpretar o que se pede", diz o jovem.

    Prestando a prova em uma faculdade da cidade, a estudante Valeska Milani Oliveira, afirma que esperava que o tema fosse relacionado ao meio ambiente, mas não achou a Intolerância Religiosa um tema difícil. "É um assunto que vemos com muita frequência por isso não tive dificuldade", relata.


    Na cidade de Ji-Paraná, o vendedor Edmar Viana Alves, de 24 anos, deixou o campus da Unir após 2h30 de prova. O tema da redação agradou o jovem. "A cada dia vemos novos casos de preconceito e até mortes causadas pela intolerância religiosa, é um tema recorrente na sociedade", conta Edmar.


    Realizando a prova pela segunda vez, Elisangela Brito achou o segundo dia mais fácil que o primeiro e gostou do tema da redação. "Eu já sofri preconceito religioso, então, a gente consegue falar com mais propriedade", declara. Mileny Batista concorda com Elisangela a respeito do tema, mas não está totalmente segura. "Foi um tema até fácil de descrever. Acho que fui bem, mas os critérios são muito exigentes, então, só depois da correção pra saber mesmo", diz.


    ENEM 2016 – DOMINGO (6) – VILHENA (RO) Érica Tatiane Ramos, 18 anos, saiu da prova às 14h30. "O tema não me pegou de surpresa. Estava entre os dez que eu estudei. Estou satisfeita” disse (Foto: Aline Lopes/G1)Érica Tatiane, 18 anos, saiu da prova às 14h30 em Vilhena e quer fazer medicina (Foto: Aline Lopes/G1)

    No Cone Sul do estado, a estudante Erica Tatiane Ramos, de 18 anos, saiu da prova às 14h30. "O tema não me pegou de surpresa. Estava entre os dez que eu estudei. Estou satisfeita, achei as questões de hoje bem mais fáceis que as de ontem. Quero passar em medicina e espero conseguir uma boa nota" , disse.


    Após fazer a prova em uma faculdade particular da capital, Denner Rebouças diz que a prova estava difícil e apenas na redação e espanhol é que se saiu bem. A estudante Karini Souza também disse ter ido bem, já que estudou o tema recentemente. "Eu já tinha estudado esse tema, inclusive fiz redações sobre ele", afirma a jovem deseja cursar medicina.



    Independente da religiao, todos merecem respeito"

    Elizângela de Jesus


    Elizângela de Jesus diz que o tema da redação foi apropriado para falar de algo em que todos querem impôr a própria opinião. "Sou cristã e muitas vezes sou motivo de chacota. Me emocionei ao ver o tema deste ano. Independente da religião, todos merecem respeito, sejam héteros ou homosexuais, da umbanda ou da católica, sem discriminação. Todos merecem respeito", defende emocionada.


    Aos 14 anos, Gabriel Nascimento fez a prova apenas por curiosidade. "Resolvi testar meus conhecimentos. O tema é intrigante, mas não foi difícil expor as ideias e dissertar sobre ele. Espero ir bem", diz o adolescente que está no 9º ano e pretende cursar direito.


    Em Guajará-Mirim, o soldado do exército Alex Nunes, de 20 anos, fez o Enem pela primeira vez. O candidato almeja o curso de educação física e prestou o exame para testar seus conhecimentos. Segundo ele, a prova estava difícil, mas o tema da redação foi bom para ser abordado. "Me preparei e acredito que consigo uma boa nota. A redação foi tranquila para mim. Agora vamos esperar", disse o militar.


     

    Fonte - G1/]RO

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08