• Chácara da Sefin
  • Viva Bela Cosméticos
  • Expojipa2 019
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Odonto Malini
  • Auto Escola Norte
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Asteroide do tamanho de um campo de futebol passa raspando pela Terra

    Astrologia
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 17/04/2018 ÀS 15:00:07

    Asteroide do tamanho de um campo de futebol passa raspando pela Terra

    Um asteroide passou raspando pela Terra sem que fosse percebido até a última hora, em mais uma prova de que se um dia realmente um corpo celeste ameaçar a vida no planeta não há garantias de que possamos reagir a tempo. O asteroide tinha o tamanho de até 110 metros de diâmetro, o que, para referência, é um pouco maior do que um campo de futebol no padrão oficial estabelecido pela CBF em 2016 (105 metros).

    O asteroide foi batizado de 2018 GE3, e foi descoberto apenas no último sábado, 14, por astrônomos do Catalina Sky Survey e do Steward Observatory, no Arizona; menos de 24 horas depois ele estava passando perto da Terra a uma distância de apenas 192 mil quilômetros, o que não é nada em uma escala astronômica e representa cerca de metade da distância entre a Terra e a Lua, se deslocando a uma velocidade de 29,8 quilômetros por segundo, ou 107 mil km/h

    Não é exatamente incomum que asteroides passem raspando pela Terra como fez o 2018 GE3, com distâncias inferiores à do nosso planeta até a Lua. No entanto, o que chama a atenção é o tamanho do corpo celeste que passou por nós despercebido até a última hora, e que poderia ter causado um estrago enorme se sua trajetória fosse um pouco diferente.

    Você talvez se lembre de um asteroide que se chocou com a atmosfera sobre a Rússia em 2013. O bólido acabou explodindo sobre a cidade de Chelyabinsk e criou uma onda de choque que feriu centenas de pessoas, embora nenhum dos danos tenha sido realmente sério. Milhares de janelas se quebraram no processo. O 2018 GE3 é até cinco vezes maior do que o asteroide russo, o que dá uma dimensão dos prejuízos que ele poderia causar.


    O site CNET também nota que fazia tempo que um asteroide desse tamanho passava tão perto pela Terra. O banco de dados da NASA que cataloga objetos que passam perto do nosso planeta mostra que os últimos casos de asteroides maiores que o 2018 GE3 passaram por aqui a uma distância inferior à metade da que separa a Lua do nosso planeta ocorreram em 2001 e em 2002.

     

    Fonte - Olhardigital

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08