• Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Faculdade UNIJIPA
  • Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Auto Escola Norte
  • PC desbarata bando que desviou mais de 500 mil em Ji-Paraná

    A operação da Polícia Civil está sendo realizada depois de mais de oito meses de investigação. A operação recebeu o nome de Assepsia (limpeza). ...

    Agronegócios
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 14/02/2017 ÀS 14:27:40

    PC desbarata bando que desviou mais de 500 mil em Ji-Paraná

    A operação da Polícia Civil está sendo realizada depois de mais de oito meses de investigação. A operação recebeu o nome de Assepsia (limpeza). Estão sendo cumpridos pelo menos oito mandados de prisões e conduções coercitivas, além de apreensões de documentos e sequestros de bens.


    No esquema desbaratado, estavam envolvidos alguns membros do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, inclusive o presidente, Geraldo Martins, e pelo menos um servidor do setor de arrecadação da subprefeitura, que funciona no Segundo Distrito da cidade.  Esse servidor do setor de arrecadação, de nome Joseph Newton Fernandes Rabelo, é considerado o cabeça da organização criminosa que teria desviado pelo menos R$ 500 mil do município. Na casa de Joseph, a Polícia Civil aprendeu documentos e levou seus três veículos (um Peugeot, um HRV e uma Fiat Toro).




    A Polícia ainda não explicou ainda como o esquema funcionava, mas disse que as esposas dos servidores envolvidos na ação criminosa utilizavam as esposas como “laranja” (pessoa utilizada para receber recursos ilícitos em lugar de outrem).


    A operação está sendo coordenada pelos delegados Cristiano Matos (titular da 2° DP) e Júlio Cesar Rios (também da 2° DP), e contam com o apoio da Delegacia Regional e delegacias de Mirante da Serra, Ouro Preto e Presidente Médici, além da Delegacia de Atendimento à Mulher e 1° DP de Ji-Paraná. São pelo menos 50 agentes envolvidos neste operação. Os detalhes sobre como o esquema funcionava serão ditos pelos delegados em uma entrevista coletiva, que será concedida à imprensa depois do meio dia.


    Crimes


    Os acusados vão responder pelos crimes de peculato, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.


    Nomes dos conduzidos na Operação: 


    Joseph Newton Fernandes Rabelo


    Adricia Maria Pereira (Esposa de Joseph)


    Geraldo Martins de Spuza (Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos)


    Rosangela Aparecida Calderari (Esposa do presidente do Sindicato)


    Walter Louback


    Inês Aparecida Louback


    Almir do Nascimento Soares


    Edilson Gonçalves de Araújo




     

    Fonte - Redetvro

    Fotográfo - Divulgação

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08