• Dr. Flavio Carlos Otorrinolaringologia
  • Universidade Unopar Polo Ji-Paraná
  • Auto Escola Norte
  • Odonto Malini
  • Expojipa2 019
  • Materjipa Materiais para Construção
  • Viva Bela Cosméticos
  • Chácara da Sefin
  • Navio com bois importados pela Turquia é liberado em Santos mas ainda falta derrubar liminar que impede novos embarques

    Exportação de gado em pé segue todos os requisitos exigidos na legislação e é difícil acreditar que compradores queiram perder dinheiro, colocando animais em situação de risco

    Agronegócios
    2 minutos de leitura

    Paulo Portaljipa EM 05/02/2018 ÀS 15:33:26

    Navio com bois importados pela Turquia é liberado em Santos mas ainda falta derrubar liminar que impede novos embarques
    Neste domingo (04), a Advocacia Geral da união (AGU) conseguiu uma liminar que autoriza a partida do navio com uma carga de 27 mil bovinos vivos, que estava atracado no Porto de Santos, a seguir o seu destino até a Turquia.

    O diretor Jurídico da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (FARSUL), Nestor Hein, destaca que a preocupação dos produtores é com o bem-estar animal, visto que os pecuaristas querem oferecer um produto de qualidade. “Nós somos os primeiros a ter interesse que os bois tenham as melhores condições até chegar ao abate. Além disso, ninguém quer consumir um produto que é fruto de tortura e maus tratos”, afirma.

    Confira os vídeos que mostra os bois dentro dos navios:

    Atualmente, as exportações de gado em pé vêm aumentando e regulando o mercado, sendo que os principais compradores são os Emirados Árabes, Turquia e a Europa. Segundo Hein, é do interesse de todas as partes envolvidas nas negociações que o animal chegue até o destino em boas condições. 

    “Ninguém compra 25 mil animais e gasta aproximadamente 60 milhões para ter uma mercadoria em péssimo estado. No entanto, nós temos uma liminar a nível nacional proibindo as exportações de gado em pé, na qual serão tomadas medidas para derrubar essa liminar”, ressalta.

    Em relação aos transportes dos animais, segundo o Diretor Jurídico, os bois recebem tratamentos adequados e muitas vezes melhores do que os seres humanos enfrentam diariamente nos transportes coletivos.

    O presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Animais Vivos, Ricardo Barbosa, aponta que o prejuúizo com o impasse chega a US$ 1,5 milhões, fora que muitos compradores não querem mais fazer negociações. " Precisamo estabelecer o mercado de exportação de gado em pé novamente. Porém, todas as entidades vão de reunir para adotar medidas contra os manifestantes", diz a liderança. 


     

    Fonte - Notícias Agrícolas

     
     
     
     
     
    Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
    Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08