Portaljipa
  •  
  •  
  •  

Mariana Carvalho confirma que o PSDB participará das manifestações do dia 16 contra o governo Dil

Vice – presidente do PSDB Nacional e vice – líder do partido na Câmara, a deputada Mariana Carvalho confirmou que a legenda  vai apoiar às manifestaçõ...

Agronegócios

POR Paulo Portaljipa EM 05/08/2015 ÀS 20:47:21

Mariana Carvalho confirma que o PSDB participará das manifestações do dia 16 contra o governo Dil

Vice – presidente do PSDB Nacional e vice – líder do partido na Câmara, a deputada Mariana Carvalho confirmou que a legenda  vai apoiar às manifestações convocadas para o dia 16 de agosto em todo o país contra o governo Dilma.




A parlamentar ressaltou, no entanto, que o ato se constitui num movimento da sociedade civil e o PSDB participará apenas como uma parcela dessa sociedade que já não suporta mais tanta corrupção e uma crise sem precedentes causada por erros e má gerência do dinheiro público.




“Não se trata de nenhuma iniciativa da oposição, até porque com ou sem  a presença do nosso partido, as manifestações têm suas razões para existir”, argumentou a congressista, citando como motivos para a população reclamar a alta da inflação e o alarmante aumento do desemprego.




Mariana Carvalho fez questão de esclarecer que além de participar desse momento de reflexão nacional sobre os destinos do Brasil, o PSDB defende que haja a punição para os responsáveis pelo escândalo do Petrolão que deixou a Petrobras numa situação crítica, além de prejuízos a outras empresas públicas que foram utilizadas  em defesa do projeto de poder do PT.




Os peessedebistas  decidiram  o seu apoio às manifestações do dia 16 de agosto durante reunião nesta terça – feira, 4 em Brasília com a presença do presidente nacional da sigla, o senador mineiro Aécio Neves, e integrantes  da cúpula do ninho tucano.




Ficou definido durante o encontro que será veiculado em inserções nacionais do PSDB na quinta – feira e no sábado, o  apoio da agremiação partidária as manifestações contra a gestão petista que ganhou mais um motivo para ser questionada com a prisão, mais uma vez, do ex -  ministro  – chefe da Casa Civil José Dirceu.




Houve consenso entre os tucanos  em manter cautela em relação a um possível processo de impeachment de Dilma, deixando o destino da presidente nas mãos  do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Supremo Tribunal Federal (STF).


 


Assessoria


 

 

Fonte - Assessoria

Fotográfo - Divulgação

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa